A situação no Acre é de completa emergência, alerta Perpétua Almeida

Além do cenário de gravidade devido a pandemia, o estado convive com aumentos de casos de dengue hemorrágica, problemas migratórios na fronteira com o Peru, inundações e desalojamento por causa das chuvas

(Foto: Michel Jesus/Agência Câmara)

Em mensagem postada em suas redes sociais, a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC) falou sobre a gravidade do cenário vivido no estado devido à pandemia, aos casos de dengue hemorrágica, aos problemas humanitários relacionados à crise migratória na fronteira com o Peru e às inundações e desalojamentos resultantes das chuvas na região.

Alarmada, a parlamentar declarou: “A situação no Acre é de completa emergência! Vivemos um aumento assustador de casos e mortes pela pandemia, temos poucas vacinas e ainda somos o segundo estado que menos imuniza no País”.

Ela acrescentou ainda que o estado vive “o avanço da dengue hemorrágica, uma crise humanitária na fronteira, inundações de rios e igarapés, que já desalojaram  milhares de famílias em todo o estado, além da interdição de vários trechos de estradas isolando municípios… Agora, temos o risco de fechamento da BR 364, que pode resultar no isolamento do Acre com Rondônia e o resto do país”.

Esse quadro dramático, enfatizou Perpétua, “exige a união de toda a bancada de parlamentares do Acre na busca de soluções com o governo federal e exige pulso firme do governador e dos prefeitos.  É preciso olhar para a nossa população. O que tenho visto, na maioria dos pontos onde as famílias estão alagadas, é uma situação de desamparo e abandono”.

Perpétua finalizou dizendo: “como deputada federal, tenho procurado fazer a minha parte, denunciando esse abandono, mas também visitando, levando doações, solidariedade e esperança. Tenho buscado as instituições federais para que socorram o nosso povo. Seguirei firme nessa luta. Contem comigo sempre!”.

Fonte: PCdoB