Brasil

11 de janeiro de 2017 - 12h44

Mujica pede que em 2017 os governos protejam as crianças pobres


Occupy
Em sua primeira coluna de 2017, Mujica pede menos egoísmo para proteger as crianças pobres do mundo Em sua primeira coluna de 2017, Mujica pede menos egoísmo para proteger as crianças pobres do mundo
Para o ex-presidente, é injustificável que o mundo avance a passos largos nas áreas de tecnologia e consumo, mas seja incapaz de socorrer as crianças. Isso acontece, na visão do senador, porque o mercado jamais vai trabalhar neste aspecto, ou seja, a responsabilidade cabe aos governos, mas estes não desenvolvem projetos de longo prazo.

“O mundo rico no qual a produtividade está se multiplicando crescentemente pelo impacto tecnológico não pode superar seu egoísmo e ver que convém a ele próprio socorrer as crianças pobres do mundo a tempo, para evitar os problemas do futuro. Mas, claro, as crianças não votam. Essas coisas não são de curto prazo. E preferem perder-se em chauvinismo nacionalista anti-histórico, quando as forças inevitáveis, desencadeadas pela ciência, obrigam a pensar em todo o planeta. Infelizmente essa jamais será a preocupação das multinacionais. Deve ser uma preocupação política dos governos centrais, mas esses não conseguem superar sua visão de curto prazo, egoísta.", afirmou.

Uma criança que nasce com menos condições sociais adquire marcas que, se não tratadas até o terceiro ou quarto ano, serão levadas por toda a vida, denuncia Mujica. Este é o caso de diversos países da África e da América Latina. O ex-presidente defende que a desigualdade social deve ser combatida na primeira infância para que as crianças se desenvolvam com mais perspectivas de construção de um mundo justo.

“Vivemos numa sociedade onde inventam carros de 3, 4 milhões, chaves de carros de 35 mil dólares, garrafas de vinho de 5 mil dólares e não conseguimos socorrer as crianças pobres do mundo que não têm ferro e sais minerais para sua nutrição e pagam essas consequências por toda a vida. Por isso, faço votos pela esperança contra o egoísmo e espero que possamos dar um passo civilizatório”, finalizou Mujica.

Assista à videocoluna na íntegra:



Do Portal Vermelho, com DW

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais