25 de março de 2017 - 8h24

 PCdoB 95 anos: imprescindível ao Brasil


   
Já se vão 95 anos de muita luta, muito sangue derramado e tantas batalhas ganhas e perdidas. Os homens e mulheres que fizeram e, ainda, fazem o PCdoB ao longo desses anos, certamente, emprestaram parte ou toda sua vida para enraizar o Partido nos mais distantes rincões do Brasil, bem como o fortaleceram do ponto de vista orgânico e ideológico.

O Partido nasceu com 73 militantes em 1922. Hoje, já tem nos seus quadros mais de 390 mil filiados e, mesmo na adversidade política que estamos presenciando, continua crescendo. Podemos dizer que o PCdoB é a Fênix do mundo partidário, visto que quase foi extinto em alguns períodos ditatoriais no Brasil.

A luta pelo socialismo e a retidão ideológica é marca do PCdoB. Em todos os momentos de mudanças pelos quais o Brasil passou, o PCdoB estava lá, contribuindo com o debate qualificado e orientando o povo naquilo que considerava o melhor para a nação. Essas lutas deixaram o Partido vivo e pujante, mesmo nos piores momentos da repressão política.

Hoje os dias são outros, o Partido vive o maior tempo de legalidade, mas isso não quer dizer que ao longo desse período não venha lutando para permanecer nessa condição. As propostas de reformas políticas ao longo dos últimos 25 anos sempre buscam criar cláusulas de barreira com objetivo claro de calar partidos como o PCdoB.

A luta é contínua. Por isso o PCdoB, ao longo dos seus 95 anos, nunca deixou de empunhar sua bandeira em defesa do povo brasileiro, não se furtando durante a ditadura em pegar em armas, fato que culminou com a morte de muitos camaradas que acreditaram que o Brasil poderia ser diferente.

Esse modelo de democracia que temos hoje no Brasil, mesmo não sendo ainda o ideal, tem o sangue e o suor de muitos militantes comunistas que doaram suas vidas (literalmente falando) para chegarmos aonde estamos. Por isso, cada vez que o Partido vai às ruas, ecoam nas vozes dos dirigentes de hoje a voz dos que os antecederam.

Nesse dia 25 de março, mais uma vez, o PCdoB está de parabéns, não só pelo aniversário, mas por tudo que vem fazendo ao longo dos 95 anos em relação à defesa dos interesses do povo e do Brasil.

Tenho orgulho de ser filiado e, sobretudo, militante do PCdoB. Continuarei minha caminhada ao lado desse glorioso Partido por acreditar na sua história e nos seus documentos, que, por sinal, contam a história do Brasil sob a ótica da luta de classes.

Aos militantes deixo a seguinte reflexão: “a nossa cara é a cara do PCdoB, por isso, temos a grande missão de fazer nossa bandeira tremular nos mais diversos lugares do Brasil, tendo a certeza que cada ação que fazemos damos um passo à conquista do socialismo brasileiro, com sua cara e sotaques”.

Um, dois, três, quatro, cinco mil e viva o Partido Comunista do Brasil!





*Gutemberg Dias é geógrafo, ex-candidato a prefeito de Mossoró e membro do Comitê Estadual do PCdoB/RN

  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais