Dólar volta a disparar a chega a R$ 5,93

Mercado reagiu a anúncio do Federal Reserve, banco central dos EUA. Aguarda, ainda, desdobramentos do vídeo da reunião ministerial de Jair Bolsonaro. Escalada do dólar no Brasil começou antes da pandemia.

O dólar bateu novo recorde nesta quarta-feira (13), encostando em R$ 6. A moeda norte-americana, que ontem (12) chegou a R$ 5,88 durante o pregão e fechou em R$ 5,86 devido à turbulência política, atingiu R$ 5,9374 (máxima do dia) nesta quarta-feira (13).

Na terça, foi divulgado que o conteúdo do vídeo com a reunião entre Jair Bolsonaro e seus ministros em 22 de abril é “devastador” para o presidente. Relatos de quem assistiu ao vídeo dão conta de que, no encontro, Bolsonaro menciona necessidade trocar o superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro para proteger sua família e amigos. Isso impactou no mercado financeiro, levando do dólar disparar e a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) a cair 1,51%.

Hoje, a alta da moeda norte-americana reflete reação ao discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, de que a autoridade monetária não está considerando, no momento, a implementação de juros negativos nos Estados Unidos.

Profissionais de câmbio afirmam ainda que os riscos políticos e incertezas sobre o prolongamento das medidas de isolamento – que poderá ser necessário frente ao avanço no número de casos e mortes – são pano de fundo também dessa pressão.

O mercado tem ainda expectativas quanto à decisão de Jair Bolsonaro com relação ao congelamento dos salários dos servidores até fim de 2021. Os investidores também aguardam desdobramentos da exibição do vídeo da reunião ministerial.

A escalada do dólar no Brasil começou antes da pandemia. Em 13 de fevereiro, a alta da moeda devido à fuga de dólares do país – que totalizou US$ 44,8 bilhões em 2019 – já preocupava importadores brasileiros. No dia 27 de fevereiro a moeda norte-americana ultrapassou a barreira dos R$ 4,50. A confirmação do primeiro caso de coronavírus no Brasil ocorreu em 26 de fevereiro.

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *