A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Dólar

Ao acusar inflação de demanda, governo sinaliza arrocho salarial

A economista do Dieese, Patrícia Costa, avalia a inflação dos alimentos básicos e a falta de políticas de segurança alimentar do governo. Com fim da política de valorização do salário, flexibilização da contratação e redução do auxílio emergencial, o governo sinaliza para o arrocho na capacidade de consumo das famílias.

Paulo Guedes culpa população por inflação dos alimentos e construção

Segundo ministro da Economia do governo Bolsonaro, auxílio emergencial de R$ 600 causou “enxurrada de dinheiro”.

Inflação de agosto foi pior para quem ganha até 5 salários mínimos

Para o economista Marco Rocha, da Unicamp, a elevação de preços de uma forma geral está ligada à alta do dólar, à pandemia e ao fato de o repasse ter ficado represado ao longo do ano.

Com dólar nas alturas, produtor prefere exportar e alimentos disparam

Em plena pandemia, famílias estão pagando pela disparada da moeda norte-americana e por um governo que não prioriza a população.

Não é apenas a pandemia: real foi moeda que mais desvalorizou em 2020

A desvalorização de moedas em razão das consequências econômicas previsíveis de uma pandemia é uma realidade. No entanto, o comportamento do real, cujo “novo normal” é acima de R$ 5, é influenciado também por fatores internos.

Aliança China e Rússia abandona o dólar

Uma aliança financeira está se formando entre China e Rússia para diminuir a dependência do dólar, moeda em queda livre como reserva nos dois países.

Com prisão de Queiroz, dólar sobe 2,1% e fecha a R$ 5,37

Queiroz foi encontrado em um sítio em Atibaia de propriedade do advogado da famílias Bolsonaro, Frederick Wassef.

Bolsa e dólar reagem a prisão que atinge em cheio família Bolsonaro

Após abrir em queda, às 13h40, a B3 havia recuperado parte do terreno e subia 0,66%. Já a moeda norte-americana continuava operando com alta de 1,72%, cotado a R$ 5,35 na venda.

Após saída de Teich, bolsa registra queda de 1,5%

Para mercado financeiro, Brasil adentra fase mais aguda da pandemia sem um comando claro na Saúde.

Dólar a R$ 6: especulação reflete falta de confiança e credibilidade

Nesta quinta (14), o dólar comercial voltou a bater recorde, chegando a R$ 5,96 na máxima do dia. Ontem, a divisa norte-americana fechou cotada a R$ 5,90.

Mesmo com injeção de US$ 1 bi, dólar fecha cotado a R$ 5,90

Banco Central do Brasil realizou dois leilões de swap cambial. Mercado reage a anúncio do BC dos EUA, que não implementará juros negativos, e à instabilidade política interna.

Dólar volta a disparar a chega a R$ 5,93

Mercado reagiu a anúncio do Federal Reserve, banco central dos EUA. Aguarda, ainda, desdobramentos do vídeo da reunião ministerial de Jair Bolsonaro. Escalada do dólar no Brasil começou antes da pandemia.

1 2 3 11