O ano de Djamila: livro antirracista é o mais vendido da Amazon

Entre os leitores brasileiros, Pequeno Manual Antirracista, de Djamila Ribeiro, foi o campeão de vendas em 2020

O livro Pequeno Manual Antirracista, da filósofa e ativista Djamila Ribeiro, foi o mais vendido pela Amazon entre leitores brasileiros em 2020. A lista dos best-sellers do site no ano foi anunciada nesta quarta-feira (30). Conforme a Amazon, foram milhões de cópias adquiridas de janeiro a dezembro, nas versões impressa e digital, entre os mais de 33 gêneros disponíveis – incluindo romance, fantasia, terror, religioso e infanto-juvenil, de autores nacionais e estrangeiros.

Pequeno Manual Antirracista, o campeão de vendas, trata, em 11 capítulos, de temas como racismo, negritude, branquitude, cultura e atualidade. Djamila apresenta caminhos de reflexão para aqueles que querem aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais através da prática antirracista – uma luta, segundo a autora, de todas e todos.  O livro ganhou o Prêmio Jabuti 2020 na categoria Ciências Humanas.

Em um ano marcado por grandes movimentos contra o racismo em todo o mundo, Racismo Estrutural, de Silvio Almeida, e Escravidão – Vol. 1, de Laurentino Gomes, também estão no ranking. A lista conta também com best-sellers internacionais como 1984, de George Orwell, e O Milagre da Manhã: O Segredo para Transformar Sua Vida (Antes das 8 Horas), de Hal Elrod.

“Além de serem sucesso de vendas, essas obras incentivaram os brasileiros a investirem seu tempo conhecendo novos autores e livros”, diz Alexandre Munhoz, gerente-geral de Livros na Amazon. “Especialmente neste ano, observamos crescimento geral da demanda e da procura por livros de todos os gêneros”, completa.

Com informações do Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *