Dino: Início da vacinação é vitória, mas medidas preventivas continuam

Para o governador do Maranhão, aplicação da Coronavac representa vitória contra “negacionismo homicida”.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) afirmou neste domingo (17) que o início da vacinação contra a Covid-19 é uma vitória contra “o negacionismo homicida”. Dino lembrou, no entanto, que a vacinação é apenas o início de um longo processo. “As medidas preventivas devem ser mantidas ao máximo quanto possível”, afirmou.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou hoje, em reunião extraordinária, o uso emergencial da Coronavac, do Instituto Butantan, e da vacina de Oxford/AstraZeneca, da Fiocruz.

No momento, entretanto, a Coronavac é a única vacina já pronta disponível em solo brasileiro. Assim que terminou a reunião do órgão regulador, o governo de São Paulo aplicou as primeiras doses de vacina em brasileiros do grupo prioritário.

A primeira a receber a Coronavac foi a enfermeira Mônica Calazans, 54 anos, que trabalha na UTI do Hospital Emílio Ribas. Mônica é diabética, hipertensa e obesa. Mesmo com comorbidades, se inscreveu em maio para atuar na linha de frente contra a Covid.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.