A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Direitos das Mulheres

Mulheres e luta de classes: o exemplo das trabalhadoras em telecomunicações

Palestra proferida no evento “Conversa entre mulheres 3” realizado pelo Sintetel-SP em 8 de março de 2021.

As mulheres não se rebaixam e querem igualdade de direitos já

Uma homenagem às mulheres de luta com canções sobre as questões de igualdade de gênero. Todas as músicas são de autoria ou têm participação de mulheres. Elas por Elas.

Mesmo na pandemia, governo Bolsonaro avança contra direitos das mulheres

Publicação do Cfemea aponta as principais proposições legislativas no campo dos Direitos Sexuais e Reprodutivos em 2020

Jô Moraes: De presa política a deputada federal

Maria do Socorro precisou mudar de nome diversas vezes para sobreviver à ditadura militar. Já foi Ana, Socorro Fragoso, Luiza e Josydeméia. Jô Moraes é a síntese desses nomes que teve de usar durante 10 anos em que foi vítima da repressão militar. Hoje, Jô Moraes (PCdoB-MG), nome que se transformou em nome político, está em seu terceiro mandato na Câmara dos Deputados e concorre, nas eleições de 2018, ao cargo de vice-governadora na chapa de Fernando Pimentel, em Minas Gerais.

Adiada votação de indenização a dependentes de vítimas de feminicídio

Parlamentares membros da Seguridade pediram vistas do PL 7441/10, de autoria da deputada Jô Moraes e relatoria de Jandira Feghali.

Por Ana Luiza Bitencourt

STF: Decisão sobre presas é marco civilizacional no Brasil

No prazo de dois meses mulheres presas que estejam grávidas, lactantes ou com filhos de até 12 anos, que não tiveram seus processos julgados, passarão a aguardar o julgamento em prisão domiciliar. O Portal Vermelhou ouviu a União Brasileira de Mulheres (UBM) e o Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), que comemoraram a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que marca um avanço na defesa dos direitos das mulheres no país.

Por Railídia Carvalho

Mulheres no PA denunciam como Ferrovia de Carajás viola direitos

‘Mulheres e mineração: vidas cortadas pela ferrovia’ é um documentário realizado a partir da narrativa de doze mulheres moradoras do bairro Alzira Mutran/Km7. O Bairro fica localizado nas margens Estrada de Ferro Carajás que corta o município de Marabá-PA.

Brasil esconde o papel das operárias na história das lutas feministas

A historiadora e pesquisadora Glaucia Fraccaro, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), conseguiu uma proeza rara no meio acadêmico: estudar a fundo – e com competência – a relação entre o movimento operário e as lutas das mulheres no Brasil. Como a história do feminismo à brasileira sofre do que certas autoras chamam de “uma perversa operação de classe”, Glaucia inovou ao contar essa história “a partir de uma visão ‘das de baixo’.

Por André Cintra e Carolina Maria Ruy

Dilma Rousseff presta solidariedade a Eleonora Menicucci

A presidenta eleita Dilma Rousseff emitiu um comunicado em sua página do Facebook prestando solidariedade à ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, condenada pela juíza Juliana Nobre Correia, da 2º Vara do Juizado Especial Cível, em São Paulo, a pagar o valor de R$ 10 mil reais em indenização por danos morais ao ex-ator pornô Alexandre Frota. 

Luciana Boiteux: Precisamos falar sobre feminicídio

A Chacina de Campinas teve como vítima Isamara Fillier, alvo de seu ex-marido (ao lado de outras 8 mulheres, 2 homens da família e seu filho, João Vitor, de 8 anos), que a culpava pela separação. A motivação foi misógina: se deve ao fato dela e das demais mulheres de sua família serem mulheres, chamadas por ele de “vadias”. Contudo, os meios de comunicação não usaram o termo feminicídio ao noticiarem o crime.[1]

Por Luciana Boiteux*, na Carta Capital 

Reforma da Previdência penaliza mulheres e aprofunda desigualdades

É consenso entre as centrais sindicais de que o projeto de reforma da Previdência do governo federal retira direitos da classe trabalhadora. Agora, em relação às mulheres a situação fica ainda pior, de acordo com as sindicalistas da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Virada Feminista terá 24 horas de debates e atividades culturais 

Neste sábado (3) e domingo (4), o Centro Cultural da Juventude será palco da segunda edição da Virada Feminista, uma iniciativa da SOF Sempreviva Organização Feminista e da Marcha Mundial das Mulheres em parceira com mulheres do mundo das artes, da produção cultural e da economia solidária.

1 2