A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: EUA

Três visões sobre o atraso nacional, por Márcio Pochmann

Com o ingresso na globalização desde 1990, a perspectiva neoliberal passou a dominar a gestão do capitalismo brasileiro e ascendeu uma nova composição da classe dominante que vê no Estado o determinante principal do ‘atraso’.

Amorim: Afeganistão representa fim da imposição de valores ocidentais

O ex-chanceler brasileiro Celso Amorim analisa a contraditória e vergonhosa retirada dos EUA, deixando o país sob controle do Talibã, contra todos os interesses estratégicos americanos numa região de fronteira com Irã, China e Paquistão, pondo em risco seu soft power, para se concentrar em outras tarefas geopolíticas, como a contenção da China.

PCdoB condena politização da pandemia e expressa solidariedade à China

A Secretaria de Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) divulgou, nesta quarta-feira (25), uma nota onde declara sua solidariedade à República Popular da China, diante da tentativa dos Estados Unidos de instrumentalizar a pandemia de covid-19 em função dos seus interesses geopolíticos.

Walter Sorrentino: O que é a OTAN e por que ela é um “prêmio maldito”

Em seu comentário semanal sobre geopolítica, Walter Sorrentino, Secretário de Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), aborda a questão da chantagem estadunidense na disputa pela implantação da tecnologia 5G no Brasil e a oferta do “prêmio maldito” pelo representante do governo dos EUA em visita a Bolsonaro: tornar o Brasil sócio global da Otan.

Walter Sorrentino: Cúpula Biden-Putin, um movimento no jogo de xadrez

Walter Sorrentino, Secretário de Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), em seu comentário semanal sobre o cenário internacional, analisa o périplo do presidente dos EUA, Joe Biden, na Europa, principalmente o encontro de cúpula com o presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, que representou, segundo o dirigente comunista, “um movimento no jogo de xadrez da geopolítica”.

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

O conflito entre israelenses e palestinos preocupa o mundo e é o destaque das notas internacionais desta quinta-feira (13). A cientista política Ana Prestes também comenta a situação na Colômbia, a negociação de dívidas da Argentina, o ataque hacker ao maior oleoduto nos EUA, o projeto de lei que extingue o licenciamento ambiental no Brasil, a realização (ou não) dos Jogos Olímpicos no Japão, a movimentação de Guaidó na Venezuela e a eleição da nova Assembleia Constituinte no Chile

Cúpula do Clima: EUA prometem reduzir emissões pela metade até 2030

Discurso de Joe Biden, em clara defesa da ciência, foi também um contraponto ao ideário negacionista de seu antecessor na Casa Branca, Donald Trump

Às vésperas da Cúpula do Clima, Bolsonaro mente aos EUA, diz especialista

Marcio Astrini disse à Sputnik Brasil que o presidente vai dizer que “faz esforços para a questão do clima, que é uma agenda importante e que preserva o meio ambiente, mas isso não passa de enganação”

O governo Biden e a política externa dos EUA, por Walter Sorrentino

O Secretário de Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Walter Sorrentino, aborda as novas linhas da política externa dos EUA, depois dos primeiros 60 dias do governo Joe Biden, no marco de “uma transição de hegemonia internacional jamais ocorrida em tempos pacíficos que promete desenvolvimentos disruptivos, cujos desfechos são incertos”. Assista.

EUA: Perigosamente podre

Que a superpotência imperialista está em decadência é evidente. O problema é de fundo e não é exclusivo dos EUA. O capitalismo enquanto sistema atingiu os seus limites. Em vez de criar, destrói. Entrou em autofagia, na tentativa de obter lucros que escasseiam na atividade produtiva. O apagão no Texas, em meados de fevereiro, é disso elucidativo.

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

O destaque da cientista política Ana Prestes nesta quinta-feira (25) é a pesquisa nos EUA sobre a expectativa dos americanos em relação à gestão Biden. A volta dos EUA para o Conselho de Direitos Humanos (CDH) da ONU, a participação do Brasil no CDH, as relações entre UE e Venezuela, a vacinação pelo mundo e a desestabilização política na Armênia são outros assuntos da nota internacional.

Ordem internacional vive época acelerada de mudanças, por Walter Sorrentino

A partir dos discursos de Xi Jinping, Angela Merkel e Vladimir Putin no Fórum de Davos, Walter Sorrentino, Secretário de Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), analisa o que considera “uma aceleração de mudanças nas relações internacionais, como poucas vezes vistas em períodos de paz”.

1 2 3 8