A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Golpe de Estado

A história dos genocídios e o golpe militar de 1964

A palavra “genocídio”, aliás, surgiu exatamente para situar as atrocidades contra os povos desde que o mundo começou a viver sob constante ameaça de guerra.

O golpismo tem que custar caro

Que preço concreto Jair Bolsonaro pagou por ter cometido esse atentado contra a democracia? Nenhum. Nada. Zero.

Semana vermelha destaca grave ameaça golpista

O jornalista José Carlos Ruy resume as principais notícias da semana, publicadas no Portal Vermelho entre os dias 23 a 29 de fevereiro de 2020 .

PCdoB defende ampla e imediata resposta ao golpismo de Bolsonaro

Atitude do presidente da República de incitar ato contra o Congresso Nacional atenta contra a democracia e a Constituição.

Bernardo Mello Franco: Como Temer tenta reescrever a História 

Michel Temer é um político cuidadoso com as palavras. Mesmo assim, comete alguns deslizes. Na segunda-feira, ele incorreu num típico ato falho. Em entrevista ao Roda Viva, usou o termo “golpe” ao comentar o processo que o alçou à Presidência. “Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe”, disse. “Eu não era adepto do golpe”, insistiu. “Eu não poderia ser o articulador de um golpe”, acrescentou.

Por Bernardo Mello Franco

Pepe Mujica comenta tecnologia de golpes “made in USA”

Nunca haverá golpe nos Estados Unidos porque não há embaixada yankee em território do país norte-americano, diz ele. 

 Em entrevista, Maria Thereza Goulart fala da sua biografia

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Maria Thereza Goulart, esposa do ex-presidente João Goulart, deposto pelo golpe de 1964, ela lembra que há 55 anos deixava o Palácio da Alvorada com os dois filhos pequenos, João Vicente e Denize, carregando uma pequena mala de mão com duas mudas de roupa.

Bandeira de Melo: Bolsonaro ofende o Direito até o limite possível

A determinação do presidente Jair Bolsonaro ao Ministério da Defesa, para que providenciasse “comemorações devidas” ao golpe de 1964, continua surtindo consequências jurídicas e políticas. Para Bandeira de Mello, ao celebrar golpe de 1964, presidente da República comete crime de responsabilidade. 

'Só uma coisa bota ordem no país: o voto popular', diz Franklin Martins

Em entrevista ao Portal Vermelho, o experiente jornalista e analista politico Franklin Martins, ministro-chefe da Comunicação da Presidência da República nos anos de 2007 a 2010, afirmou que a mídia, principalmente a Rede Globo, atua como partido político que quer mandar no Brasil sem ter voto.

Por Dayane Santos

Preservar memória é fundamental para evitar novas práticas ditatoriais

No último domingo, completou 54 anos do início da ditadura militar no Brasil. A data é referência de uma memória marcada pela opressão e pelo capítulo mais traumático da história recente do país.

"Para tentar me prejudicar, vão destruir o país"

Parecia uma manhã de domingo, a avenida Paulista fechada e ocupada por milhares de pessoas e vários grupos artísticos se apresentando, só que não. Na noite de quinta-feira (20), mais de 20.000 pessoas estavam lá em defesa da democracia brasileira e da soberania do seu povo. E não foi só em São Paulo. Em todo o país, o povo foi às ruas para defender a democracia, as Diretas Já e apoiar o ex-presidente Lula, condenado injustamente na semana passada.

Assembleia da OEA: Venezuela coloca Temer em seu devido lugar

A sessão da Assembleia Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) que ocorreu em Cancún, no México, no dia 20 de junho, foi marcada por uma dura resposta da Venezuela ao governo brasileiro. O representante de Michel Temer questionava a democracia na Venezuela quando imediatamente foi interrompido pelo enviado venezuelano. Em sua fala, o diplomata disse que não pode levar a sério nenhum argumento de um governo resultado de um golpe de Estado. Assista a crítica do diplomata:

1 2 3 4 50