A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: IBGE

Inflação de 1,06% é a mais alta para abril desde 1996

A maior inflação em 26 anos foi puxada pelos aumentos dos preços de alimentação, bebidas, transportes, saúde e cuidados pessoais.

1,8 milhão de famílias entram na pobreza extrema nos dois primeiros meses deste ano

Inscrições no CadÚnico saltaram 11,8%, segundo informa o jornal Hora do Povo.

Dos 367 produtos e serviços pesquisados pelo IBGE, 289 ficaram mais caros em abril

Índice de difusão da inflação saltou para 78,7%, maior patamar para os meses de abril desde 2003, informa o portal do jornal Hora do Povo.

Botijão de gás chega a custar R$ 160

Valor foi encontrado em Mato Grosso, segundo levantamento da ANP. Média nacional é de aproximadamente R$ 114, quase 10% do salário mínimo, informa a Rede Brasil Atual.

IBGE: Volume dos Serviços varia -0,2% em fevereiro

Setor se encontra 7,0% abaixo de novembro de 2014, o ponto mais alto da série histórica.

Preços da construção aumentam 0,99% em março, informa o IBGE

Nos últimos doze meses, a alta no indicador foi de 15,75%.

A inflação de Bolsonaro: IPCA em março é o maior para o mês em 28 anos

É também a maior inflação mensal desde janeiro 2003 (2,25%)

Rendimento real do trabalhador recua 8,8% em um ano, diz IBGE

Valor passou de R$ 2.752 em fevereiro para R$ 2.511 um ano depois.

Renda encolhe 10% e trabalho precário atinge 38,5 milhões no Brasil

12 milhões estão sem emprego e 25,6 milhões vivendo de “bico” na era Bolsonaro – com preços dos combustíveis, energia elétrica, botijão de gás de cozinha e alimentos batendo recordes, segundo informa o jornal Hora do Povo.

Produção industrial recua em 2/3 dos parques regionais do setor

“A indústria paulista começou o presente ano em uma situação inferior ao início de 2021, devido à grande maioria de seus ramos (83% em queda)”, destaca o Iedi.

Produção industrial fica abaixo do patamar pré-pandemia

Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE mostra recuo de 2,4% em janeiro de 2022 em relação a dezembro de 2021.

Resultado do PIB não alivia desânimo sobre a economia em 2022

De acordo com o professor José Luís Oreiro, Produto Interno Bruto continua sem tração.

1 2 3 32