A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: medicamentos e remédios

Sob pressão, ministro de C&T especula sobre pesquisas contra epidemia

Sumido durante semanas de combate à epidemia de Covid-19, o ministro Marcos Pontes apareceu, mas apenas especulou sobre pesquisas supostamente em andamento, mas sem resultado efetivo.

Frente Parlamentar debate projetos que ameaçam a saúde brasileira

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) realizou quarta-feira (20), na Câmara dos Deputados, uma importante reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Assistência Farmacêutica.

Por: Maiana Neves, no PCdoB na Câmara

Governo Bolsonaro ignora ONU e trata medicamentos como mercadorias 

A sociedade brasileira é locupletada diuturnamente com propostas, ao serviço de interesses diferentes e muitas vezes divergentes, compatíveis muitas vezes com a “usina de crises” com que o presidente da Câmara dos Deputados chamou o atual governo.

Por Jorge Bermudez e Ronald Ferreira dos Santos*

Temer cede à indústria de remédios e causa prejuízo de bilhões ao SUS

Ao conceder patente do sofosbuvir, Brasil inviabiliza genérico e perde R$ 1 bi a cada 50 mil tratamentos. O alto custo do remédio da Gilead impede que todos os doentes de hepatite C sejam curados.

Temer quer liberar a venda de remédios em supermercados

Nesta segunda-feira (07), Michel Temer disse que estuda a possibilidade de liberar a venda de medicamentos sem prescrição em supermercados. Problemas como o incentivo da automedicação e transformação de medicamentos em um produto como qualquer outro são apontados como impasses para essa mudança na comercialização. Para o presidente do Conselho Nacional de Saúde, Ronald Ferreira dos Santos, esse anúncio reafirma que Temer trata a questão da saúde como um negócio.

Por Verônica Lugarini

Temer autoriza aumento de medicamentos a partir deste sábado

Em pleno sábado de Páscoa, o governo federal autorizou reajuste de até 2,84% no preço dos remédios para 2018. O aumento está publicado em edição extraordinária do Diário Oficial da União (DOU) de ontem em resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed).

Fortaleza: Nova Central de Distribuição de Medicamentos em terminal

A Central será instalada no Terminal Papicu, nesta terça-feira (21/10), às 14 horas

Carlos Felipe esclarece problemas na oferta de medicamento

O deputado estadual Carlos Felipe (PCdoB) defendeu, durante o primeiro expediente da sessão plenária da última terça-feira (14), o Governo do Estado das críticas de parlamentares de que o Executivo estaria se negando a comprar Sabril, medicamento para pacientes com síndrome rara. De acordo com Carlos Felipe, existe um trâmite processual e legal a ser seguido pelo Governo do Estado para adquirir o remédio.

O peso das patentes no preço dos medicamentos

No período de 2008 a 2015, os gastos reais do Ministério da Saúde aumentaram em 36,6%; já os destinados a medicamentos elevaram-se em 74%, mais do que o dobro, passando de R$ 8,5 bilhões para R$ 14,8 bilhões para o mesmo período. Os valores alocados em medicamentos aumentaram, inclusive em 2015, quando o Orçamento da Saúde decresceu em termos reais.

Grazielle David e Walter Britto – INESC, na Carta Maoir

Medida de Temer que autoriza reajuste de remédios é alvo de críticas 

Deputados e representantes da indústria questionam a Medida Provisória editada este mês pelo governo ilegítimo de Michel Temer que permite alteração nos preços de medicamentos. Para o deputado Ivan Valente (Psol-SP), a medida beneficia a indústria farmacêutica. Na avaliação de representante dos laboratórios, a proposta gera insegurança jurídica no setor. 

MP autoriza reajuste nos preços dos medicamentos a qualquer tempo 

A lista de medidas antipovo do governo ilegítimo de Michel Temer foi acrescida da Medida Provisória (MP) publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (20) que permite o Conselho de Ministros da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) autorizar alteração nos preços dos remédios a qualquer tempo.

Ministro confirma MP que aumenta preço de medicamentos emergenciais

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, confirmou nesta sexta-feira (4), em São Paulo, que o governo está elaborando medida provisória (MP) para permitir que, em casos emergenciais como calamidades e epidemias, os preços dos medicamentos sejam elevados.

1 2 3 7