A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Ministério da Fazenda

Bolsonaro sanciona lei da independência do Banco Central

Projeto foi aprovado na Câmara no dia 10 de fevereiro com críticas da oposição pelo modo como a política do banco será subordinada ao mercado e não ao governo.

"Não há base legal para o impeachment", diz ministro da Fazenda

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou durante sua exposição de defesa da presidenta Dilma Rousseff, na comissão especial do impeachment no Senado, que argumentos usados na fundamentação do pedido de impeachment não têm base legal.

Bancos públicos vão expandir crédito, diz ministro da Fazenda

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo publicada neste domingo (10), afirmou que os bancos públicos, como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDES, ajudarão a expandir a oferta de crédito na economia em 2016, principalmente para o setor da construção civil.

Dilma na posse de Barbosa: retomar o crescimento é prioridade

A presidenta Dilma Rousseff acaba de dar posse aos ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e do Planejamento, Orçamento e Gestão, Valdir Simão, em solenidade no Palácio do Planalto. Na sexta-feira (18), Dilma fez a substituição de Joaquim Levy por Barbosa no comando do Ministério da Fazenda. Barbosa era ministro do Planejamento. Para o lugar de Barbosa, a presidenta nomeou o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Valdir Simão.

Projeto quer acabar com uso de verba público para salvar bancos

Chegou ao Ministério da Fazenda o anteprojeto de lei que pretende acabar com a possibilidade do usar dinheiro público para salvar instituições financeiras à beira do colapso. Depois de passar por análises em secretarias do ministério, a proposta deve partir para a Casa Civil. A expectativa é de que isso ocorra na virada do ano. Em seguida, o texto irá para apreciação no Congresso.

Fazenda lançará pesquisa mensal com previsões para contas públicas

O Ministério da Fazenda pretende divulgar, a partir de dezembro, uma pesquisa mensal com estimativas de instituições financeiras para cinco variáveis: arrecadação da Receita Federal, receita líquida, despesa e resultado primário do governo central (divulgados pelo Tesouro Nacional) e dívida bruta do governo geral (divulgado mensalmente pelo Banco Central).

Ministério revela quem são os 500 maiores devedores da União

O Ministério da Fazenda divulgou, em seu site, a lista dos 500 maiores devedores da União. Em conjunto, essas empresas acumulam débitos de R$ 392,3 bilhões. O valor é quase treze vezes maior que o déficit no orçamento anunciado pelo governo em agosto. E, se fosse quitado de uma vez, seria suficiente para custear mais de 14 vezes o orçamento do Bolsa Família.

Fazenda confirma antecipação do 13º salário dos aposentados

De acordo com o Ministério da Fazenda, os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão em setembro a primeira parcela da antecipação do 13º salário, dividida em duas vezes, sendo 25% no mês que vem e o mesmo percentual em outubro. Os 50% restantes serão pagos normalmente em dezembro.

Levy discute reforma do ICMS com Temer e senadores aliados

Nesta segunda-feira (13), o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, se reúne com o vice-presidente Michel Temer e com líderes da base aliada no Senado. Eles discutem a reforma do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Levy anuncia que cortes no Orçamento podem chegar a R$ 80 bilhões

Após reunião com o vice-presidente Michel Temer, vários ministros e líderes da base aliada, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta segunda-feira (18) que o governo ainda analisa o valor do contingenciamento que deverá fazer no Orçamento Geral da União deste ano. Mas, segundo ele, o corte vai estar na faixa de R$ 70 bilhões a R$ 80 bilhões.

Governo anuncia medidas para estimular investimentos

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, anunciou uma agenda de estímulos para o financiamento de obras de infraestrutura por meio do mercado de capitais.

Levy defende adiamento do indexador da dívida dos estados e municípios

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendeu nesta terça-feira (31), durante audiência pública, na Comissão de Assuntos Econômicos, no Senado Federal, que a mudança no indexador da dívida para os estados e municípios seja adiada para fevereiro de 2016.

1 2 3 7