A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: URSS

A reindustrialização forçada pela guerra na União Soviética

Há 75 anos, durante os primeiros meses da Grande Guerra Patriótica, milhares de empresas e milhões de pessoas foram evacuadas para o leste do país. Nunca antes na história da humanidade havia sido realizada uma tarefa de tamanha magnitude.

Por Aleksêi Timofeitchev, na Gazeta Russa

Sputnik: Para PCdoB, extinção da URSS foi grande retrocesso

Há exatos 25 anos, em 8 de dezembro de 1991, foi assinado o acordo que dissolvia a União Soviética e criava a Comunidade dos Estados Independentes (CEI), com a adesão inicial da Federação Russa, Ucrânia e Belarus. Mais tarde aderiram as ex-repúblicas soviéticas à medida em que consolidavam seus processos de independência.

Estação Espacial soviética Mir foi desmantelada prematuramente

A primeira estação espacial no mundo, a soviética Mir (Paz, em russo), deveria ter funcionado um pouco mais, embora isso não fosse viável financeiramente, disse um executivo da agência espacial russa Roscosmos.

55 anos do primeiro voo: Gagárin abriu caminho a pesquisa espacial

O voo do cosmonauta soviético Iúri Gagárin, que nesta terça-feira (12) faz 55 anos, abriu caminho para o cosmos e às pesquisas espaciais, uma das maiores conquistas da humanidade no século 20.

Rilton Primo: Bias da Cosmonáutica à Teoria do Valor Trabalho

Um eminente físico de uma conceituada Universidade Federal nordestina, cujos nomes não vêm ao caso, demonstrou suspeitar que, em repúblicas pobres, pudesse haver cientistas econômicos. Replicado sobre a necessidade de que estrênuos cientistas existissem precisamente nestas circunstâncias, atalhou com o chiste: “Cientistas?… como não!? os há em toda parte!!” Intuímos que haveria cientistas e “cientistas”, e os há in fact.

Por Rilton Primo*

Albano Nunes: A Ucrânia e o fascismo

Ressaltando que o imperialismo não recua perante nenhum crime, o dirigente do Partido Comunista Português analisa o pano de fundo histórico da crise na Ucrânia.

Por Albano Nunes, no jornal “Avante!”

Maioria nas repúblicas da antiga URSS vê dissolução como negativa

A maioria dos cidadãos de 11 antigas repúblicas socialistas considera que a dissolução da União Soviética foi mais prejudicial do que benéfica, e teve consequências nefastas nos respectivos países. 22 anos depois de Mikhail Gorbachov ter assinado a capitulação do primeiro Estado proletário do mundo (26 de dezembro de 1991), uma pesquisa conduzida pela Gallup indica que, por cada indivíduo que manifesta que a derrota da URSS foi mais positiva que negativa, dois expressam-se em sentido contrário.

XV de Novembro de Piracicaba relembra viagem à URSS

Ao completar seu centenário na última sexta-feira (15), o Esporte Clube XV de Novembro, da cidade paulista de Piracicaba, relembrou sua viagem à então União Soviética, em abril de 1964. O clube, de padrão modesto para o futebol brasileiro, fez uma excursão de 62 dias pela Europa, visitando países como Polônia, Suécia, Alemanha, Dinamarca e União Soviética.

2ª Guerra: Libertação de Smolensk abriu caminho para Berlim

Smolensk comemora o 70º aniversário da libertação dos invasores fascistas alemães. Em 25 de setembro de 1943, as forças de ocupação foram derrotadas após a rápida ofensiva do Exército Vermelho. As solenidades coincidiram com outro acontecimento notável – o 1150º aniversário da fundação da cidade, no longíquo século 9.

URSS nunca forneceu ogivas com sarin à Síria

A União Soviética nunca exportou ogivas com sarin para um país estrangeiro, afirma nesta quarta-feira (18) o Kremlin.

Fidel Castro: As verdades objetivas e os sonhos

A espécie humana afirma, com frustrante força, que existe há cerca de 230 mil anos. Não me lembro de afirmação alguma que alcance mais idade. Sim, havia outros tipos de seres humanos, como os Neandertais de origem europeia, ou o hominídeo de Denisova, no norte da Ásia, mas não existem fósseis mais antigos que os Homo Sapiens da Etiópia.

Por Fidel Castro, no Granma

Povo russo condena Gorbachev e Yeltsin, e aprova Lênin e Stalin

Uma pesquisa realizada na Rússia, divulgada nesta terça-feira (22) pelo Instituto Levada Center, de Moscou, revela algumas coisas importantes na memória histórica do povo russo.

Por José Carlos Ruy

1 2 3