A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: violência política

PCdoB-MS move ação contra deputado que atirou em símbolo comunista

Durante sessão híbrida da Assembleia do Mato Grosso do Sul, deputado do PL disparou tiros contra alvo estampado com a foice e o martelo

Fórum especial vai tratar de denúncias de violência política em SP

As denúncias de discurso de ódio, ofensas e ameaças serão recebidas pelo Ministério Público.

Impunidade incita violência política contra mulheres, por Vanessa Grazziotin

O Brasil está entre os países com maior índice de homicídios femininos: ocupa a quinta posição em um ranking de 83 nações, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos

Manuela, Sâmia e Talíria processam deputada bolsonarista Carla Zambelli

Na rede social, Zambelli postou uma montagem colocando chifres e olhos diabólicos nas três lideranças do movimento feminino. Elas acusam que foi um ato de violência política de gênero, potencializado pela atuação do gabinete do ódio, ligado a Bolsonaro e sua família

Polarização torna violência e assédio comuns para políticos britânicos

O assassinato do parlamentar conservador britânico David Amess, morto a facadas em seu distrito eleitoral em 15 de outubro, é um […]

Ações internacionais se unem às vozes por justiça no caso Marielle

Neste domingo (14), completa-se 3 anos do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes. Ações no Brasil e no mundo pressionam por respostas.

“Sempre foi sobre nós” reúne relatos de violência política de gênero

Dilma Rousseff, Marina Silva e Sonia Guajajara estão entre as autoras que contam como a violência contra mulheres é particularmente cruel na política.

Em alta nos últimos 4 anos, violência política teve salto nas eleições

Em 2019 houve 136 episódios de violência, sendo 32 ataques à vida. Em 2020, já são 172 episódios, sendo 80 assassinatos ou atentados até 29 de novembro.

Parlamento do Mercosul pede proteção para deputada do PSOL ameaçada

No episódio mais recente, Talíria Petrone (RJ), recebeu ameaças de morte durante sua licença maternidade, enquanto cumpria isolamento social.

Argentina: não “guerra suja”, mas terrorismo de estado

A ditadura militar argentina se baseou em torturas e desaparecimentos para erradicar os opositores políticos, reais ou imaginários. Para disfarçar o terror do regime militar, a direita ainda se refere àqueles anos como “guerra suja”.