Brasil

15 de março de 2017 - 15h52

Povo vai às ruas contra reforma da Previdência e restrição de direitos


Marlon Costa/Pernambuco Press
Mais de 40 mil pessoas participaram da manifestação no Recife  Mais de 40 mil pessoas participaram da manifestação no Recife 
A manifestação começou às 9h, na Praça Oswaldo Cruz, centro da cidade, com assembleia unificada dos sindicatos que representam os professores da rede pública estadual de Pernambuco, da rede municipal do Recife e de cinco municípios da Região Metropolitana, que aprovou a deflagração imediata de greve por tempo indeterminado. "Esse ato mostra a preocupação da categoria com essa reforma. Mais uma vez o trabalhador vai tem que pagar a conta do governo", acredita o presidente do Sintepe, Fernando Melo.

Participaram da assembleia (foto abaixo), integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (Sintepe); Sindicato dos Professores do Estado de Pernambuco (Sinpro); Sindicato dos Professores do Recife (Simpere); Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Jaboatão dos Guararapes (Sinproja); Sindicato dos Professores do Cabo de Santo Agostinho (SINPC); Sindicato dos Professores em Educação do Moreno (Sinpremo); e Sindicato de Professores da Rede Municipal de Olinda (Sinpmol).





Após a assembleia, os manifestantes saíram em passeata (foto acima) pelas avenidas Conde da Boa Vista e Guararapes até a Avenida Dantas Barreto, onde se concentraram em frente ao antigo prédio do INSS onde realizaram novo ato político. O protesto reuniu integrantes de partidos políticos, como o PCdoB, sindicatos, centrais sindicais, movimentos sociais e estudantis, entidades feministas, além de trabalhadores de diversas categorias profissionais.



O evento foi convocado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), centrais sindicais, como CTB e CUT, e as Frentes Brasil Popular e Povo sem Medo.

Pela cidade

Além da Praça Oswaldo Cruz, os protestos aconteceram, simultaneamente, em outros pontos da cidade. Os servidores do INSS se concentraram em frente à Gerência Regional da autarquia, na Avenida Mário Melo, em Santo Amaro, enquanto os servidores do Ministério da Saúde realizaram ato público em frente à Geap Autogestão em Saúde, na Praça Chora Menino, na Ilha do Leite, região central do Recife. Na Praça do Derby, o encontro reuniu integrantes do MTST. Mais tarde, os grupos se reuniram aos outros manifestantes em frente ao prédio do antigo INSS, na Avenida Dantas Barreto.

Logo cedo, manifestantes interditaram dois pontos da rodovia BR-101. A via foi liberada por volta das 8h10, mas os reflexos no trânsito foram sentidos ao longo da manhã.

Mais adesões

Escolas particulares como o Salesiano, no Recife, e a Academia Santa Gertrudes, em Olinda, aderiram ao protesto e suspenderam as aulas durante todo o dia. Em assembleia realizada ontem à noite, os metroviários decidiram paralisar os serviços até às 5h da quinta-feira (16). Os bancários paralisaram o atendimento ao público entre 10h e 12h. Funcionários dos Correios também cruzaram os braços. A suspensão das atividades começou à Zero hora desta quarta-feira. Agentes penitenciários aderiram ao movimento e param por 24 horas.

Em praticamente todo o país, milhares de pessoas ocuparam e ocuparão as ruas durante todo o dia em defesa da democracia e dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, que serão duramente atingidos caso as medidas propostas pelo governo ilegítimo sejam aprovadas pelo Congresso Nacional.

Luta continua

A jornada de manifestações contra as medidas restritivas de direitos impostas pelo governo, continua. Na próxima sexta-feira (17), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) realiza Ato Unificado contra a Reforma da Previdência e pelo Cumprimento da Lei do Piso Salarial, na Praça do Derby, centro do Recife, a partir das 14h. Na segunda-feira (20), o sindicato promove assembleia da categoria, no Teatro Boa Vista, a partir das 14h. A luta continua.

Audicéa Rodrigues
Do Recife



  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais