11 de dezembro de 2017 - 13h46

 Encontro Estadual da UBM-Acre “Rita Batista”


   
 Encontro Estadual da UBM - Acre. “ Rita Batista”
Foi com muita alegria e emoção que a UBM- Acre realizou o Encontro Estadual de Mulheres nesta última, sexta-feira, dia 08, fazendo uma homenagem especial à sua fundadora, professora Rita Batista.

Presentes representantes dos 22 municípios do estado, além de sindicatos, entidades sociais, servidores da saúde e educação, autoridades do Ministério Público, Tribunal de Justiça e representantes das secretarias estadual e municipais da Mulher.

O evento da UBM contou com a participação expressiva da ex-deputada federal, Perpétua Almeida, uma das fundadoras da entidade no Acre. Perpetua ressaltou a importância da união das mulheres contra a violência e emocionou ao falar da história de vida e do falecimento recente, da fundadora da UBM, Rita Barista.
Ainda dentro do período dos 16 dias de ativismo pela não violência contra a mulher, o principal tema do evento foi “enfrentar a violência empoderando mulheres”, tema da palestra ministrada pela dra desembargadora Eva Evangelista.

Presente ainda no evento a jornalista e fisioterapeuta Rita Polli, secretária executiva da Procuradoria da Mulher no Senado, representando a procuradora, senadora Vanessa Grazziotin.

Na parte da tarde do evento aconteceu a oficina “autonomia no corpo e na vida”, propondo o diálogo sobre a mulher integral em suas capacidades física, emocional e mental em permanente interação consigo mesma, com os outros e nos seus ambientes de convívio, ressaltando a concepção positiva de saúde como um recurso do dia a dia para a saúde das mulheres.

No final do evento aconteceu a eleição da nova coordenação da UBM que será dirigida por Naluy Melo Macedo, presidente e Simone Nobre, vice presidente. As jovens dirigentes já mostraram total capacidade de articulação na organização, mobilização e condução do evento, juntamente com as representações dos demais municípios do Acre.

“A UBM, entra num novo momento ajudando as mulheres acreanas a se empoderarem e participarem dos espaços de poder e decisões, ao mesmo tempo em que se engajará para tirar o Acre dos números da vergonha da violência contra a mulher, articulando as entidades estaduais e municipais e buscando parcerias com as universidades e órgãos da Justiça, como muito bem nos sugeriu a desembargadora Eva Evangelista”, disse a presidente Naluy. Para Simone Nobre, vice presidente, um estado com números tão positivos na economia, na educação, na geração de emprego e renda, precisa também avançar no combate à cultura do estupro e da violência contra a mulher”.

A nova diretoria eleita da UBM irá reunir-se em Janeiro para planejar as ações do biênio 2018/2019.


Por Francelina Martins


  • VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENCAMINHAR

Últimas Mais