Com Covid-19, Boris Johnson piora e vai para UTI

Inicialmente, primeiro-ministro britânico resistiu a adotar isolamento social. Ele recuou após estudo projetar 500 mil mortes.

Boris Johnson

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, foi internado na unidade de terapia intensiva de um hospital de Londres após apresentar piora do quadro de Covid-19.

“Desde domingo à noite, o primeiro-ministro está sob os cuidados de médicos do Hospital St Thomas, em Londres, depois de ser internado com sintomas persistentes de coronavírus. Ao longo desta tarde, a condição do primeiro-ministro piorou e, a conselho de sua equipe médica, ele foi transferido para a unidade de terapia intensiva do hospital”, afirma um comunicado oficial de Downing Street.

“O primeiro-ministro pediu ao secretário de Relações Exteriores, Dominic Raab, que é o primeiro secretário de Estado, que o substitua sempre que necessário”, acrescenta o comunicado.

Primeiro-ministro de um país em isolamento social, Boris Johnson inicialmente resistiu a adotar a solução. Ele defendeu a imunidade de rebanho para enfrentar o novo coronavírus, ou seja, que a maior parte da população se infectasse a fim de construir imunidade.

Johnson recuou após um estudo do Imperial College de Londres apontar que 500 mil britânicos iriam morrer caso não fossem tomadas medidas para restringir a circulação do vírus.

O primeiro-ministro também contrariou recomendações de distanciamento da Organização Mundial de Saúde (OMS) ao apertar as mãos das pessoas. Em 3 de março, disse que achava “muito importante” continuar apertando mãos. No fim do mesmo mês, testou positivo para Covid-19.

Com informações da Agência Brasil

Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *