Grupo de Puebla convoca governos a considerar vacina como bem público

Parlamentares progressistas do fórum, que reúne representantes políticos da esquerda no mundo, aprovaram encaminhar ações legislativas para tornar tratamento e vacina para curar covid-19 bens públicos

(Foto: Reprodução)

O Grupo Parlamentar Progressista Ibero-Americano do Grupo Puebla, reunido vitualmente nesta sexta-feira (3), convocou os governos latino-americanos e as entidades multilaterais regionais a considerar a vacina e os tratamentos para curar o covid-19 como bens públicos de acesso universal e gratuito, garantindo sua disponibilidade e distribuição para toda a população.

Além de aprovar a declaração constitutiva da rede, a primeira reunião do grupo decidiu pela apresentação conjunta e coordenada, tanto perante os organismos legislativos nacionais quanto diante de instâncias de integração regional, de iniciativas legislativas que instam as autoridades executivas de nossos países a: declarar a vacina contra a SARS-CoV-2 e possíveis tratamentos eficazes.

“Como bens de uso público, universal e gratuito; adotar políticas, como a declaração de licenças compulsórias e o desenvolvimento local de tecnologia, que garantam o livre acesso da vacina aos nossos países, garantindo sua distribuição justa; e apoiar, em todas as instâncias multilaterais, posições conjuntas com outros países em defesa do direito ao acesso universal e gratuito a tratamentos e vacinas contra o covid-19”, diz nota do grupo.

Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.