A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Carlos Marighella

MPF denuncia cinco ex-agentes da ditadura por morte de Marighella

Integrantes do Dops promoveram uma emboscada para executar o líder da ALN. Quatro policiais respondem por homicídio qualificado e ex-médico legista do IML por falsidade ideológica

Carlos Marighella: O operário da revolução brasileira

A transformação de personagens históricos em mitos costuma simplificar figuras complexas e superestimar a importância de momentos particulares, deixando em segundo plano as realizações de longo prazo. Foi o que aconteceu com Carlos Marighella.

Campus da UFBA em Camaçari terá o nome de Carlos Marighella

O Conselho Universitário da Universidade Federal da Bahia (Consuni) aprovou, por aclamação, na reunião da última segunda-feira (16/11), a criação do Campus da UFBA no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). A reunião também deliberou por batizar o novo campus com o nome de Carlos Marighella, um dos símbolos da luta contra a ditadura militar no país (1964-85).

Líder da resistência contra a ditadura, Marighella é homenageado em SP

Militantes, familiares e amigos reuniram-se nesta quarta-feira (4) ao redor do monumento que marca o assassinato do guerrilheiro Carlos Marighella ocorrido há 46 anos, na Alameda Casa Branca, no Jardim América, zona oeste paulistana.

Marighella 103 anos: Ouça a Carta Aberta ao Povo Brasileiro

Nesta sexta-feira (5), aniversário de 103 anos de Carlos Marighella, ouça o depoimento do revolucionário comunista gravado no ano de 1969 chamado Carta Aberta ao Povo Brasileiro. A gravação foi reproduzida na época pela Rádio Libertadora, um projeto de propaganda contra a ditadura militar, criado por Marighella em 1969. 

Ato em SP lembra 45 anos do assassinato de Carlos Marighella

Os 45 anos do assassinato de Carlos Marighella foram lembrados em um ato na noite de terça-feira (3), na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). O líder da Aliança Libertadora Nacional (ALN) foi emboscado pelo delegado Sérgio Paranhos Fleury, na capital paulista, em 4 de novembro de 1969.

Família lança manifesto nos 45 anos da morte de Marighella

Ao lado de amigos, estudiosos e admiradores do baiano Carlos Marighella (1911-1969), a família do combatente revolucionário preparou um manifesto com a história de lutas e com pedidos de preservação da memória do “inimigo número 1” da ditadura militar de 1964. A iniciativa integra as ações pelos 45 anos da morte de Marighella, que acontecem nesta terça-feira (4).

Mudança de nome de colégio estadual homenageia Carlos Marighella

A troca do nome do Colégio Emílio Garrastazu Médici, no bairro do Stiep, em Salvador, por Colégio Carlos Marighella, foi marcada pela memória da luta em defesa da democracia. Realizada na última sexta-feira (11/04), a solenidade contou com a presença do filho do comunista homenageado, Carlos Augusto Marighella, e de sua neta, Maria Marighella, além do governador Jaques Wagner, e do secretário Estadual da Educação, Osvaldo Barreto.

Nome de escola estadual é alterado para Carlos Marighella

Nesta sexta-feira (11/04), a partir das 14h, acontecerá a solenidade de mudança de nome do Colégio Estadual Presidente Emílio Garrastazu Médici para Colégio Estadual Stiep Carlos Marighella. Promovido pela Secretaria Estadual da Educação, o evento contará com a presença do secretário da pasta, Osvaldo Barreto, e da comunidade escolar. O ato acontece na unidade de ensino, localizada no bairro Stiep, em Salvador.

Comunidade de escola estadual troca Médici por Mariguella

No ano em que o Golpe Militar de 1964 completa 50 anos, uma instituição pública baiana que homenageava um presidente militar muda de nome. Por força da vontade da comunidade escolar, o Colégio Estadual Presidente Garrastazu Médici, localizado no bairro do Stiep, em Salvador, passa a se chamar Colégio Estadual Stiep Carlos Marighella.

Após a vitória da Revolução – Carlos Marighella, 1968

Uma das maiores mentiras que a direita brasileira quer impingir à posteridade é que os guerrilheiros que lutavam contra a ditadura queriam vencer não para libertar o Brasil da tirania, mas para implantar outra ditadura, a “ditadura do proletariado”.

Por Cynara Menezes*, na Carta Capital

Senado faz homenagem a Carlos Marighella

A Comissão de Anistia do Senado Federal concedeu nesta segunda-feira (8) o Certificado de Anistiado Político post mortem à família do guerrilheiro Carlos Marighella, apontado como um dos principais organizadores da luta armada contra o regime militar depois de 1964.

1 2 3