A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Haddad

Eleger Haddad e Manuela para recuperar direitos do povo e soberania

A confirmação da candidatura de Fernando Haddad e Manuela d’Ávila à Presidência da República pela coligação “O Povo Feliz de Novo” (PT, PCdoB e Pros) nesta terça-feira (11) foi saudada por representantes de movimentos sociais. Dirigentes afirmaram ao Portal Vermelho que a chapa Haddad e Manuela representa os interesses do povo contra o golpe do governo de Michel Temer. Foram feitas críticas à perseguição judicial que impediu a candidatura do ex-presidente Lula.

Por Railídia Carvalho

Como ministro, Haddad democratizou o acesso à educação ao lado de Lula

O candidato à presidência, Fernando Haddad (PT), esteve ao lado do ex-presidente Lula durante o período em que a área da educação mais avançou. Como ministro da Educação, Haddad deixou grandes feitos: a ampliação das universidades, o desenvolvimento do ProUni, implementação do Enem e posteriormente do Sisu. Em 10 anos, entre 2001 e 2010, o crescimento no número de matrículas no ensino superior foi de 110%.

Por Verônica Lugarini

Pautar a campanha, mais que ser pautado

Devemos mostrar ao povo que a verdadeira polarização brasileira é sobre os rumos da nação, da democracia e dos direitos do povo. Não se perder em arapucas nem desviar energias.

Por Walter Sorrentino*

Haddad: PT seguirá com campanha propositiva pelo Brasil

O candidato a vice-presidente na coligação “O Povo Feliz de Novo”(PT, PCdoB, Pros), Fernando Haddad, afirmou que seguirá com uma campanha propositiva. A estratégia é mostrar aos eleitores as políticas realizadas pelo PT especialmente relembrar a diferença econômica entre os governos de Lula e Dilma e a política atual que aprofundou a crise do desemprego no país.

Haddad defende soberania do voto e combate à especulação

Em entrevistas ao Congresso em Foco e à Globo News, vice de Lula diz que quem especular contra o Brasil vai perder, e lembra que desrespeito às urnas trouxe a atual crise institucional e econômica.

Haddad diz que ataque a Bolsonaro é “absurdo”; veja repercussões

Candidato a vice na chapa do PT e provável substituto de Lula, caso o ex-presidente não possa concorrer ao Planalto, Fernando Haddad qualificou como um “absurdo” e algo “lastimável” o ataque ao também postulante à Presidência Jair Bolsonaro (PSL). O político de extrema-direita foi alvo de uma facada durante ato em Juiz de Fora (MG).

O primado da luta política geral sobre a luta jurídica

O golpe de 2016, a prisão de Lula, o desrespeito ao Comitê dos Direitos Humanos da ONU e a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de impedir a candidatura de Lula à Presidência da República, tudo isso mostra o Brasil submetido a uma grave anomalia, a de um país onde o Judiciário passou a tutelar a nação.

Por Haroldo Lima*

1 9 10 11