A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Itamaraty

Venezuela refuta Itamaraty e se nega a esvaziar Embaixada em Brasília

Itamaraty alega que estipulou até 2 de maio para que a Embaixada fosse desocupada. No Comunicado, a Venezuela afirma que tais negociações jamais foram celebradas.

António Paixão: O terraplanista Ribbentrop dos trópicos

Pelo malefício que tem causado ao País, não se pode permitir que a figura de Ernesto Araújo simplesmente vá para o monte de lixo da história

Márcio Jerry repudia ataque de Eduardo Bolsonaro à China

Filho do presidente abriu uma crise diplomática após acusar sem provas o país asiático de ser o culpado pela pandemia do novo coronavírus

Governo brasileiro considera que ataque à embaixada da Venezuela não foi invasão

No artigo, o colunista do UOL revela que o ato dos invasores não foi tratado dentro da diplomacia nacional como uma violação de uma embaixada estrangeira.

Rubens Ricupero: O dedo podre da diplomacia do governo Bolsonaro

Bolsonaro sacrifica os objetivos permanentes do Brasil ao prestar à obra de demolição do governo Trump colaboração contrária ao interesse nacional

Diplomacia do governo Bolsonaro resvala para o submundo da geopolítica

Perdidos na noite (Midnigth Cowboy, no título original) é um filme de 1969 do premiado diretor John Schlesinger. Joe Buck (Jon Voight) é um jovem texano bronco e inculto, que migra para Nova Iorque e sobrevive como garoto de programa associado a um fracassado e delinquente de nome Rizzo (Dustin Hoffmann) no submundo da noite da metrópole.

Lula e Celso Amorim: Como o Brasil ajudou EUA e Irã em direção à paz

Em artigo para o jornal britânico The Guardian, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o chanceler de seu governo (2003-2010), Celso Amorim, analisam a crise provocada pelos EUA no Irã e defendem que “diálogo é a única resposta”. Leia a íntegra do texto.

EUA x China: Entre a paz armada e a guerra híbrida

Brasil pode e deve antecipar os movimentos que o protejam da tensão permanente e incontornável entre EUA e China, para colher o melhor resultado possível para seu desenvolvimento

Discurso do Itamaraty no exterior é sobre um Brasil que não existe

Em documentos enviados à ONU e a seus pares, diplomatas brasileiros colocam o país como um exemplo a ser seguido, e não como a de uma nação com desafios a serem superados.

Por Jamil Chade

Despreparo ameaça indicação de Eduardo Bolsonaro a embaixada nos EUA 

A passagem de Eduardo Bolsonaro pelos Estados Unidos no fim da semana passada foi vista como “arrogante” por muitos senadores, aos quais cabe a análise da indicação do deputado federal para a embaixada do Brasil em Washington. Acompanhado pelo ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, o filho do presidente Jair Bolsonaro se recusou a falar com a imprensa estrangeira, contradisse o chanceler e o tratou o como se fosse seu “secretário”.

Parecer do Senado diz que Eduardo Bolsonaro na embaixada é nepotismo 

A Consultoria Legislativa do Senado deu parecer enquadrando a indicação de deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) à embaixada do Brasil em Washington como caso de nepotismo. Segundo o texto, o cargo de chefe de missão diplomática – ao qual Eduardo seria indicado – é um cargo comissionado comum. Nesse tipo de cargo, é vedado o nepotismo, conforme decreto de 2010 e decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de 2008. Os indicados às embaixadas brasileiras precisam ser aprovados pelos senadores.

Como censura a obras acadêmicas ameaça a imagem do Itamaraty 

Uma reportagem publicada pela Folha revela que o Itamaraty se recusou a publicar um livro do embaixador Synesio Sampaio Goes Filho por conta do prefácio da obra, escrito por Rubens Ricupero, ex-embaixador em Washington e também historiador da diplomacia –e visto como desafeto pelo atual ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Por Daniel Buarque

1 2 3 8