A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: polícia militar

Polícia de Alckmin executa prisões arbitrárias e fere manifestantes

A luta em defesa da democracia encontra mais cada vez mais adeptos e sofre retalhações. Neste domingo (4), a Polícia Militar do estado de São Paulo, ordenada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), promoveu a prisão de 26 jovens de forma arbitrária e lançou bombas em manifestantes, jornalistas e transeuntes sem nenhum motivo que justificasse a ação truculenta. A episódio ocorreu durante a manifestação contra o golpe ocorrida na capital apaulista que contou com mais de 100 mil pessoas. 

PM reprime nova manifestação contra Temer no centro de São Paulo

Bombas e gás de pimenta lançados pela Polícia Militar dispersaram novamente nesta quinta-feira (1º/9) manifestação na capital paulista que pedia a saída do presidente da República, Michel Temer, e protestava contra a perda de direitos sociais. Desde o início da semana, em São Paulo, ao menos três manifestações contra o impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff e a posse de Michel Temer como presidente terminaram com ação truculenta e intolerante da polícia paulista.

PM reprime estudantes em ato contra Escola sem Partido em SP

Policiais militares da base policial da praça Roosevelt, região central de São Paulo, reprimiram manifestação de estudantes contra o projeto Escola sem Partido antes mesmo de o ato ser iniciado e detiveram três adolescentes sob acusação de desacato, por eles estarem cantando palavras pelo fim da PM. Os jovens, dois homens e uma mulher, não tiveram os nomes revelados.

Presidente da Upes é preso e agredido em ocupação na Câmara

O presidente da União Paulista dos Estudantes Secundaristas (Upes), Emerson Santos, também conhecido como Catatau, foi preso e agredido por policiais militares no município de Mauá (SP). Os estudantes invadiram o plenário da Câmara dos Vereadores, nesta terça-feira (2) à tarde, reivindicando a instalação de uma Comissão de Inquérito (CPI) que investigue os desvios dos recursos da merenda no município.

Relatório diz que impunidade perpetua execuções cometidas por PMs 

Um relatório da organização não governamental Human Rights Watch aponta que a impunidade de policiais militares que cometem execuções é um dos fatores mais importantes na perpetuação desse tipo de crime no Rio de Janeiro, e que os esforços para reduzir essa mortalidade "parecem estar desmoronando" diante do problema.

Estudantes que participaram de ocupações denunciam perseguição

Os estudantes secundaristas participantes das ocupações nos colégios em São Paulo, contrários ao programa do governo Alckmin de reorganização escolar que pretendia fechar 94 escolas em todo o estado, denunciam que estão sendo acusados por furtos e roubos de objetos, durante a ação de luta contra o desmonte da educação promovida pela gestão tucana.

Por que o senhor atirou em mim? A voz dos jovens mortos pela PM

“Quero a minha mãe”, disse Herinaldo Vinicius de Santana, de 11 anos. Provavelmente não foi a primeira vez que o jovem falou essas palavras. Mas foi a última. Em 23 de setembro de 2015 ele foi baleado e morto por policiais militares na comunidade Parque Alegria, no complexo do Cajú, no Rio de Janeiro.

Por Gil Alessi*, no El País

Polícia do Alckmin espanca estudantes que lutam por educação 

A Polícia Militar de São Paulo aumenta a cada dia o seu nível de truculência. Nesta quarta-feira (19), estudantes e movimentos sociais protestavam contra a medida do Alckmin de ordenar a saída dos estudantes das ocupações nas ecolas técnicas sem mandato judicial, quando foram surpreendidos por bombas de efeito moral, spray de pimenta e cassetetes. Seis secundaristas foram presos. Os estudantes também lutam contra a máfia da merenda envolvendo a alta cúpula do governo Alckmin.

Karoline Rocha, a estudante que peitou o Coronel Telhada

Karoline Rocha, militante da União da Juventude Socialista (UJS), enfrentou o deputado estadual Coronel Telhada durante a ocupação na Assembleia legislativa de São Paulo. Mesmo diante de uma postura ríspida do parlamentar a jovem mostrou firmeza e não deixou de mostrar seu posicionamento em defesa da instalação da CPI da merenda.

Estudantes se preparam para enfrentar invasão dos policias na Alesp

Os estudantes que estão ocupando a Assembleia Legislativa de São Paulo desde a noite desta terça-feira (3) (Alesp), lutando para a instalação da CPI da merenda, gravaram um vídeo um vídeo há poucos minutos denunciando que a polícia militar já cercou toda assembleia e que a qualquer momento invadirá o plenário da casa.

Preso PM autor de tiro contra sem teto em SP

O autor do disparo contra a integrante do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST)) está a caminho do presídio, após ser preso no início da tarde desta quarta-feira (4) em Itapecerica da Serra (SP). Mais cedo, a sem-teto Edilma Aparecida foi atingida por tiro na barriga durante marcha da ocupação João Goulart na região. Na noite desta quinta, o MTST informou que a ciriurgia, a que foi submetida Edilma, foi bem sucedida e ela passa bem.

Por Railídia Carvalho

PM deixa prédio do Centro Paula Souza e tem 72 horas pra explicar ação

O secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Alexandre de Moraes, tem o prazo de 72 horas, segundo decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), para esclarecer "se foi o responsável por 'adiantar' o cumprimento da ordem judicial com a determinação de ingresso da Polícia Militar no imóvel (prédio do Centro Paula Souza) sem mandado judicial"

1 4 5 6 7 8 20