A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: cuba,

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

A original forma de escolha de candidatos a presidente do Chile é o principal destaque na análise internacional de Ana Prestes, que também aborda, nesta segunda-feira (19), as investigações sobre o assassinato de Jovenal Moise, presidente do Haiti, a tentativa de Joe Biden de constranger o governo cubano, os protestos e distúrbios na na África do Sul, a falta de entendimento entre as forças político-religiosas do Líbano para compor um novo governo, a tensão entre a União Europeia e a Hungria em razão das políticas homofóbicas do governo de Viktor Orban e o crescimento da empresa chinesa Xiaomi.

As manifestações em Cuba na opinião de quem conhece a Ilha

Ramon de Castro explica por que os cubanos saíram às ruas recentemente e o que é verdade sobre a crise econômica e sanitária em Cuba

Cuba: julho triplica média diária de contágios de junho

Cuba notifica 6.062 novos casos de covid e 52 mortes. Média de casos está em 5104, enquanto junho registrou média de 1.687. Mortes também triplicaram.

Notícias falsas proliferam online durante protestos em Cuba

Além da boataria, sites governamentais estão sob ataque cracker. Redes sociais com sede nos EUA são os veículos da desinformação

As manifestações em Cuba

Trata-se de uma luta ideológica que adquire contornos dramáticos. Cuba é muito importante para a esquerda mundial. Todos devemos lutar pela ilha e pelos ideais da revolução.

Cuba prova envolvimento dos EUA em ações de desestabilização

O membro do Bureau Político do Partido Comunista de Cuba e ministro das Relações Exteriores, Bruno Rodríguez Parrilla, acusou o Governo dos Estados Unidos de estar diretamente implicado e de ter graves responsabilidades nos incidentes ocorridos no país em 11 de julho.

Investigação confirma autoria de operação de mídia social contra Cuba

Especialista espanhol revela origens e dinâmica da campanha em redes sociais para desestabilizar o governo cubano.

Entenda o que desencadeou as maiores manifestações opositoras em Cuba desde 1994

As recentes manifestações em Cuba foram as maiores desde 1994. Agora, os cubanos se mostram legitimamente insatisfeitos com os apagões energéticos e com o desenvolvimento da economia. No entanto, contrarrevolucionários tentam se utilizar disso para atacar o Estado cubano

Revolução cubana resiste aos ataques do Império

Aos povos do mundo, cabe defender a Revolução Cubana e suas conquistas, e, simultaneamente, bater-se por um mundo sem fome, e para tanto, lutar contra o neoliberalismo e suas consequências

História dos crimes imperialistas desfila pelas ruas de Cuba

Não são manifestações por pão e liberdade. As bandeiras exploradas pela mídia são fachadas de um crime histórico.

Em solidariedade a Cuba, centrais sindicais criticam bloqueio dos EUA

Nota das centrais sobre protestos do povo em Cuba condena o bloqueio e ingerências externas. Também propõe solução negociada para a crise entre os próprios cubanos.

1 2 3 4 257