A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: juros

Desde 2010, as famílias não ficavam tão endividadas

Estudo nacional feito pela Federação do Comércio de São Paulo mostra que, antes da pandemia, 64% das famílias brasileiras estavam endividadas. Hoje, são 71%.

Juros consomem quase 12% da renda das famílias, diz pesquisa

O montante perdido com juros é equivalente a 73% do recurso injetado via auxílio emergencial no ano passado.

Saiba a repercussão do aumento de juros a 7,75%

O tom geral é de lamento pelo aumento dos juros, mas sempre culpando a flexibilização fiscal como vilão pelo “sequestro” do BC. A austeridade fiscal é a única receita para o mercado que rejeita qualquer incentivo à renda e ao consumo interno.

Copom eleva juros ao maior nível para 7,75% ao ano

Após crise na equipe econômica por discordâncias com quebra no teto de gastos, Guedes pressionou o Banco Central “autônomo” a aumentar juros para agradar o mercado.

Gestão da economia é outra face genocida do Governo Bolsonaro

Flávio Dino: Um governo que coloca o botijão de gás ao custo de mais de 10% de um salário mínimo é porque quer ver seu povo morrer de fome.

Juro americano, Evergrande e crise energética na China abalam mercados

Dólar sobe para R$ 5,42 em dia de pânico global. Bolsa caiu para menor nível em uma semana

Os ‘alquimistas’ novo-desenvolvimentistas estão chegando!

Anos de críticas à gestão econômica dos governos Lula-Dilma, ao conservadorismo da política monetária e à supervalorização cambial continuada deram ao novo-desenvolvimentismo a dignidade da ‘rota ainda não tentada’.

Instituições financeiras elevam estimativa de inflação para 7,58%

Esta projeção só subiu, por 22 semanas seguidas, sem perspectiva de queda. O BC usa essa projeção para aumentar juros,

STF confirma autonomia do Banco Central

Oposição questionou a constitucionalidade da lei para tentar impedir a perda do controle sobre a política monetária pelo governo.

BC ameaça acelerar alta de juros, como única medida anti-inflacionária

Enquanto bancos celebram lucros astronômicos, em meio à pandemia, setor produtivo, comercial e consumidor mergulham em recessão, sem que isso afete a inflação.

Mercado eleva projeção de inflação em 2021 para 6,07%

Caso a previsão se confirme, a inflação encerrará o ano 0,82 ponto percentual acima do teto da meta definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é de 3,75%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. O teto, portanto, é 5,25%.

Mercado vê inflação maior e juros a 6,5% ao ano em 2022

Segundo boletim Focus, IPCA deve encerrar 2021 em 5,15% e chegar a 3,64% em 2022. Com a alta da inflação, mercado estima alta também da taxa Selic.

1 2 3 55