A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: lgbt

Visibilidade lésbica: todo amor vale a pena se a alma não for pequena

Em 29 de agosto é comemorado o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica. A data foi criada durante o 1° Seminário Nacional de Lésbicas, em 1996. Silvana Conti, professora aposentada da Rede Pública de Porto Alegre, lésbica e feminista emancipacionista, crê que o cerne da questão está no cinismo da sociedade e na violência contra os LGBTs.

Por Marcos Aurélio Ruy*

Jurista comenta direitos da comunidade LGBT no Brasil

A maioria desse foi conquistada pela via jurisprudencial. 

Papa surpreende ao falar da comunidade LGBT

O sumo pontífice recebeu grupo de celebridades britânicas. 

Projeto que pune a LGBTfobia tramita na Assembleia da Bahia

No momento em que o Supremo Tribunal Federal (STF) discute tornar crime a discriminação contra gays, lésbicas, bissexuais, transexuais e transgêneros, tramita na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) um projeto que pretende punir administrativamente a prática da LGBTfobia no estado. A proposta, construída com o movimento LGBT estadual, foi apresentada à Casa pelo deputado Zó (PCdoB).

Drauzio Varella: quem defende travestis da polícia e dos intolerantes?

Tenho interesse pelo universo das travestis desde que entrei numa cadeia pela primeira vez. Como conseguem sobreviver e impor respeito em celas superlotadas de homens machistas e violentos?

Por Drauzio Varella*, na Folha de S.Paulo

Dandara dos Santos recebe homenagem nos dois anos de sua morte

Um ato ecumênico realizado nesta sexta-feira (15), em Fortaleza, marcou os dois do assassinato da travesti Dandara dos Santos, ocorrido no bairro Bom Jardim, na capital cearense. O crime, por sua brutalidade, teve grande repercussão e motivou a apresentação de um projeto de lei para classificar como crime hediondo o chamado “lgbtcídio”.  A homenagem à Dandara ocorre na mesma semana em que o Supremo Tribunal Federal (STF) retomou a discussão sobre a criminalização da LGBTfobia.

Ao vivo: STF decidirá sobre ações de criminalização da LGBTfobia

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou, nesta quarta-feira (13), o julgamento de dois processos sobre a criminalização da LGBTfobia. Foram apresentados os relatórios dos ministros relatores e a sustentação oral das partes e dos representantes das instituições aceitas no processo como amici curiae, que não são partes, mas têm interesse na questão em discussão. O julgamento foi retomado nesta quinta-feira (14)quando serão anunciados os votos dos relatores.

Homofobia em debate: por que o julgamento do STF pode fazer história

Começa nesta quarta-feira (13), no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento da ação que visa criminalizar a homofobia. Caso a Corte se manifeste favoravelmente ao segmento LGBTs (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros), a decisão não apenas fará justiça – mas também fortalecerá a resistência à onda conservadora e obscurantista em curso no Brasil. Na pauta do STF está, portanto, um debate de interesse geral.

STF julga criminalização da homofobia e pode pautar foro privilegiado

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar na quarta-feira (13) uma ação protocolada pelo PPS para criminalizar a homofobia – o preconceito contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais). O processo tramita na Corte desde 2013 e será relatado pelo ministro Celso de Mello. Ainda nesta semana, o Supremo pode voltar a debater o alcance do foro privilegiado.

Silvinha: PCdoB-CE lança candidata trans a deputada federal

Se há uma coisa que o PCdoB defende é a diversidade. E prova disso é uma das candidaturas mais emblemáticas na disputa deste ano a uma vaga na Câmara Federal: Silvinha 6555 é mulher transexual, feminista, comunista e militante do movimento LGBT e concorre a deputada federal.

Observatório de Fortaleza debaterá "A defesa dos direitos LGBTQIA+"

Com o tema "A defesa dos direitos LGBTQIA+ na Cidade de Fortaleza: Avanços e desafios", o Observatório de Fortaleza discutirá o tema nesta quinta-feira (30), das 14h às 17h. Vão apresentar o assunto Helena Vieira, escritora, pesquisadora e transfeminista; Evelize Régis, membro do Coletivo Mães pela Diversidade; e Felipe Lopes, da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (SDHDS).

Dia do Orgulho LGBT expõe que luta e resistência ainda são necessárias

Neste 28 de junho é comemorado o Dia do Orgulho LGBT e aqui no Brasil, diversas conquistas foram alcançadas pela luta dos movimentos sociais do segmento, mas ainda há muito para avançar em um país que mata uma pessoa LGBT a cada 19 horas.

Por Verônica Lugarini

1 2 3 4 16