A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Luta Palestina

“Terroristas!”, diz Israel sobre ONGs palestinas de direitos humanos

A Direção Nacional do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) divulgou, nesta quinta-feira (28), uma nota de repúdio ao estado sionista de Israel que colocou seis entidades palestinas de defesa dos direitos humanos na lista de organizações terroristas.

Israel: Novo governo, mesmos crimes contra a Palestina

Com outro go­verno e a mesma po­lí­tica cri­mi­nosa, Is­rael in­ten­si­fica a­ções re­pres­sivas contra o povo palestino, na Cis­jor­dânia, em Gaza e em Je­ru­salém: assas­si­natos, pri­sões sem jul­ga­mento, des­truição de es­tru­turas, ex­pulsão de fa­mí­lias dos lares e cons­trução de co­lo­natos.

Walter Sorrentino: “PCdoB é solidário ao povo palestino e denuncia acordo militar Brasil-Israel”

Diante da escalada de ataques das forças israelenses contra o povo palestino, o Secretário de Relações Internacionais do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Walter Sorrentino, em seu vídeo semanal sobre geopolítica, denuncia o regime de “apartheid” sionista e alerta para o perigo que representa o acordo militar Brasil-Israel, que pode significar que as técnicas de repressão usadas por Israel sejam utilizadas para monitorar e oprimir os movimentos sociais brasileiros. Assista.

Fepal: As inverdades e os erros da Declaração Conjunta Brasil-Israel

A Federação Árabe Palestina do Brasil divulgou, nesta terça-feira (9), um texto onde denuncia as “afrontas ao Direito Internacional”, cometidas pela chancelaria bolsonarista em visita a Israel. Leia, abaixo, a íntegra da nota.

Fepal lança campanha: “Sionismo é racismo, Israel é apartheid”

A Federação Árabe Palestina do Brasil (Fepal), lançou, nesta segunda-feira (8), a campanha contra o “Apartheid Israelense” que denuncia “a ideologia supremacista (que) age para restringir os direitos de pelo menos 7 milhões de palestinos que vivem entre o Rio Jordão e o Mar Mediterrâneo”.

Partidos Palestinos anunciam acordo histórico de unidade

Todas as frentes políticas partidárias e de resistência da Palestina firmaram nesta quinta-feira (3) – em uma reunião histórica – um acordo para confrontar a ocupação e a normalização das relações entre Israel e um país da região, mediada pelos EUA de Donald Trump. Entre os participantes estavam o presidente palestino Mahmoud Abbas e o chefe do gabinete político do Hamas, Ismail Haniye, que estreitaram o diálogo para a construção de um programa político de unidade nacional.

Partidos Comunistas repudiam anexação israelense da Palestina

Por iniciativa conjunta do Partido Popular Palestino e do Partido Comunista de Israel, dezenas de Partidos Comunistas e Operários de todo o mundo assinaram a declaração intitulada “Ocupação é Terror; Anexação é Apartheid!” A iniciativa ocorreu em torno da data 5 de junho, aniversário da guerra de 1967 que resultou na ocupação militar israelense de territórios árabes e palestinos. Leia a declaração.

Federação Árabe Palestina manifesta apoio à ruptura com Israel e EUA

A Federação Árabe Palestina do Brasil (Fepal), diante da decisão da liderança do Estado Palestino de tornar sem efeito os acordos com Israel e EUA, emitiu nesta quarta-feira (20) uma nota onde diz que o anúncio foi “recebido com alegria pela FEPAL (sua direção e comunidades), é digno e acertado (…) Não era mais possível manter os compromissos internacionais, notadamente aqueles sob a moldura de Oslo, quando apenas os palestinos os observavam, enquanto que o lado israelense não cessou suas violações”. Leia, abaixo, a íntegra da nota.

Palestina: do shabat sangrento ao apartheid do “Acordo do Século”

A maior parte da humanidade aproveitaria este sábado para, além de descansar, ver amigos e parentes, viajar, passear, dar liberdade ao corpo e ao espírito, não fosse o impedimento de ir e vir provocado por um vírus letal. Esta pandemia está servindo a grande parte da humanidade para que conheça o que é não poder sair de casa, não poder viajar, não poder visitar parentes ou entes queridos, ir de um bairro ao outro, de uma cidade a outra, sair do país. Pois é isso o que acontece na Palestina há 72 anos ininterruptos. Por Ualid Rabah*

A terra palestina e o nascimento de um mundo melhor

Hoje, (30/03) é o Dia da Terra Palestina, data em que lembramos a greve geral e as passeatas da população palestina – da Galileia ao Al Náqab – em 30 de março de 1976.