A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Médicos cubanos

Os Mais Médicos e a crise humanitária

Lembram da falácia do "programa Mais Médicos tem 97,2% das vagas preenchidas" que rolou por aí uns tempos atrás, com ajuda de manchetes da imprensa sem o mínimo de tom crítico e com propaganda de penas de aluguel digitais de Bolsonaro tipo algumas contas do Twitter? Agora vamos pra vida real.

Por Leandro Demori, no The Intercept Brasil

Vanessa Grazziotin diz que médicos cubanos não foram substituidos 

Senadora do PCdo do Amazonas fez denúncia no Senado

Socorro Gomes: Sem os médicos cubanos, brasileiros vivem uma tragédia

Para presidenta do Conselho Mundial da Paz, saúde não será o único retrocesso provocado por Bolsonaro. Emprego e segurança também serão afetadas.

Por Yuniel Romero, do Juventude Rebelde

Saída de médicos cubanos expõe situação crítica da saúde no Brasil

Drama atinge sobretudo regiões distantes dos grandes centros.

Arruda Bastos: De boas intenções o inferno está cheio

“Alguns colegas e o Sindicato dos Médicos do Ceará encetaram a campanha “Médicos por Amor” para levar profissionais sem custo para o interior por 30 dias. Reconheço a iniciativa, mas devo salientar aspectos do sistema público de saúde. (…) A proposta é simpática e o ato de amor aos conterrâneos também, mas, para não transparecer uma ação meramente política, deve se cercar de aspectos legais”.

Por Arruda Bastos*

 Vagas que Bolsonaro não poderá preencher

Cerca de 20 mil colaboradores cubanos, que nesses cinco anos chegaram ao Brasil, o fizeram porque os profissionais daquele país nem de outros cadastrados para preencher vagas para o atendimento sanitário não iam para os lugares mais necessitados. Este foi o caso em 2013 e a história parece se repetir agora, dizem vários entrevistados. 

Médicos cubanos recebem homenagens em despedidas nos aeroportos 

Médicos e médicas de Cuba que trabalharam no programa Mais Médicos e deixaram o Brasil nesta segunda-feira (26) receberam homenagens nos aeroportos do Rio de Janeiro e São Paulo. 

Cuba: mãos de solidariedade para multiplicar a saúde

Em mais de meio século, os médicos cubanos ajudaram muitos povos do mundo

Por Lisandra Fariñas Acosta, do Granma

Cubanos deixam o Brasil após Bolsonaro ideologizar Mais Médicos

Diante das declarações preconceituosas do presidente eleito Jair Bolsonaro, mais de oito mil profissionais que atendiam 2.800 municípios brasileiros foram orientados pelo governo de Cuba a retornarem para a ilha. Médicos cubanos começam a sair do país nesta quinta-feira (22).

Por Iberê Lopes*

As mentiras que contam sobre a Medicina em Cuba

Desde que foi criado o Programa Mais Médicos e grande parte dos profissionais que o integram vieram de Cuba, muita mentira tem circulado sobre a formação daqueles profissionais oriundos e suas condições de trabalho no Brasil. As mentiras se espalharam com maior profusão nas redes sociais e se intensificaram depois que Jair Bolsonaro afirmou que fará mudanças no Mais Médicos que tornam inviável a permanência dos cubanos no programa e levaram Cuba a encerrar a parceria. 

Por Nésio Fernandes*

De Mais Médicos a Menos Médicos

 Em 2013, quando foi lançado o programa “Mais Médicos”, eu ocupava o cargo de Secretário da Saúde do Estado do Ceará e também era Vice-Presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), entidade que congrega todos os Secretários Estaduais de Saúde do Brasil. Posso, portanto, falar de cátedra do programa, uma vez que participei de todas as articulações e da formatação do projeto para sua criação.

Por Arruda Bastos*

Mais Médicos – Venceu a insensatez, perde o Brasil

Uma tragédia para a vida e a saúde de 30 milhões de brasileiros.

Por Arthur Chioro*

1 2 3 4 14