A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Salário mínimo

Sob governo Bolsonaro, cesta básica aumenta em todas as capitais

Quando assumiu a Presidência, o valor da cesta básica correspondia a 46,59% do salário mínimo e um trabalhador de São Paulo precisava de um total de 102h50 para adquirir os alimentos básicos para a sobrevivência de um adulto. Três anos depois, a cesta já custa o equivalente a 59,52% e a sua aquisição demanda uma jornada de trabalho de 128h20, ou seja, de 25h30 a mais.

Brasil tem o segundo salário mínimo mais baixo entre países da OCDE

Rendimento básico só é pior no México, segundo revela estudo divulgado pela plataforma CupomValido.com.br.

Salário mínimo de 2022 poderá comprar menos de duas cestas básicas

A projeção do Dieese é que o custo mensal para um adulto se alimentar ficará em torno de R$ 700 na capital paulista em janeiro, segundo informa a BBC News Brasil.

Sem ganho real, governo Bolsonaro reajusta o corroído salário mínimo

Com a elevação da proposta, levando-se em conta as estimativas da inflação para 2021, o trabalhador e a trabalhadora que recebem um salário mínimo não terão ganho real no ano que vem

Com Bolsonaro, Brasil tem 2º menor salário mínimo da América do Sul

Em ranking da CNN, País fica atrás de nações mais pobres, como Paraguai e Bolívia

Aumento do salário abaixo da inflação aprofunda desigualdade na pandemia

Sindicalista comenta que, mesmo com aumento muito superior ao proposto pelo governo Bolsonaro, salário mínimo previsto no Orçamento em R$ 1.210, ainda é inferior à inflação do período.

Alemanha: novo governo anuncia aumento de 25% do salário mínimo

Mudança pode aumentar a renda de quase 2 milhões de trabalhadores alemães que ganham salários mínimos

Salário mínimo deveria ser de R$ 5.518,79, diz Dieese

Cálculo do mínimo ideal é feito com base no custo da cesta básica mais cara do país, entre as 17 capitais pesquisadas pelo Dieese. A cesta mais alta, de Florianópolis, alcançou R$ 700,69.

Fome: No Governo Bolsonaro, comida custa 25 horas a mais de trabalho por mês

Segundo levantamento realizado pelo Dieese para o Portal Vermelho, no início do Governo Bolsonaro, o custo da alimentação de um trabalhador estava em R$ 467,65 enquanto o salário mínimo foi fixado em R$ 998,00. Ou seja, era suficiente para comprar 2,1 cestas. Em setembro de 2021, a cesta já chegava a R$ 673,45 para um salário de R$ 1.100,00, conseguindo o mínimo adquirir 1,6 cesta.

PCdoB prepara plataforma programática para atuação em Federação Partidária

O economista Nilson Araújo explicou, durante intervenção no 15o Congresso do PCdoB, que o eixo estruturante do documento é o protagonismo do estado com investimento público e o mercado interno alavancado pelo poder de compra do salário.

O Nobel e o salário mínimo, por Paulo Paim

“A boa luta passa pela unidade das forças humanistas, populares, progressistas e em defesa do meio ambiente e pelo caminho intransigente da Política Nacional de Valorização do Salário Mínimo – esteio histórico e transformador para alcançarmos um Brasil justo, igualitário e soberano”

Famílias com auxílio perdem 79% do poder de compra da cesta básica

Estudo da USP aponta que auxílio deveria ser de pelo menos R$ 701,66 para cobrir o custo do item essencial. Sob Bolsonaro e Guedes, inflação e cortes no benefício dizimaram renda dos mais vulneráveis.

1 2 3 4 35