A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Setor Energético

Representante de acionistas vê vícios na privatização da Eletrobras

O presidente da Abradin, Aurélio Valporto, avalia que monopólios precisam ser geridos de forma a beneficiar toda a cadeia produtiva. Para ele, os preços da Petrobras podem beneficiar acionistas um primeiro momento, mas desarranjam toda a economia.

Vender a Eletrobras é parte da ilusão de que setor privado faz melhor

Para Roberto D’Araújo, regulação ruim do modelo energético adotado atrapalha o papel estratégico da estatal para o país.

Seminário discute desmonte do setor de energia

Nos dias 23 e 30 de maio, o seminário discutirá o desmonte do setor energético a partir da tentativa de privatização da Eletrobras.

Frente Parlamentar de Recursos Naturais e Energéticos inicia os trabalhos

A Frente discutirá as propostas de planos de governos dos candidatos a governadores e presidentes da República na área de energia, bem como a reestruturação e modernização do setor

Temer quer deixar Brasil nas trevas com privatização da Eletrobras

Nesta terça-feira (12), lideranças políticas e movimentos sociais promovem ações nas redes sociais para denunciar o desmonte do planejamento energético nacional e evitar a alteração da política de preços acessíveis ao consumidor de baixa renda.

Por Iberê Lopes

Patrus: Privatização da Cemig ameaça soberania

O deputado Patrus Ananias (PT-MG) publicou artigo em que rechaça a política de entrega do patrimônio nacional com privatização do setor elétrico à iniciativa privada, especificamente da Cemig.

Cemig pede ao STF suspensão do leilão de usinas e Frente convoca atos

A Cemig fez um novo pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que suspenda a realização do leilão de quatro hidrelétricas das quais era concessionária, marcado para esta quarta-feira (27).

Ato reúne lideranças mineiras contra o desmonte da Cemig por Temer

Um ato contra o leilão das usinas da Cemig, que entrou no pacote de privatizações de Temer, aconteceu nesta sexta-feira (18), dentro da Usina de Miranda reunindo mais de 1.500 pessoas. Uma carta aberta contra o leilão foi assinada por diversas lideranças e será encaminhada a Temer.