A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: economia

Julio Gomes de Almeida: O fim da recessão

Aquela crise iniciada a nível global há precisamente um ano atrás, o Brasil conseguiu digerir. Mais do que isso, ao que tudo indica a economia do país voltou ou está a caminho de voltar a desfrutar do dinamismo que antecedeu a crise, exceto no que diz respeito às exportações que já estão melhorando.

Por Julio Gomes de Almeida*, de São Paulo, na Terra Magazine

Socorro a Estados e cidades soma R$ 8 bi desde início da crise

A queda na arrecadação federal também teve efeito nos cofres estaduais e municipais, sustentados em parte pelas transferências da União por meio do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Bancos públicos ampliam crédito em R$ 277 bi durante crise

Além da atuação do Banco Central (BC) para reduzir os juros e o compulsório (parcela de recursos que os bancos estão proibidos de emprestar), os bancos públicos ajudaram a restabelecer crédito após o agravamento da crise financeira internacional. Levantamento constatou que a criação e o reforço de linhas oficiais de crédito injetaram R$ 277,2 bilhões na economia nos últimos 12 meses.

Brasil tem a pior logística entre os países do Bric

O Brasil tem uma das piores infra-estruturas de logística entre os países do Bric, Estados Unidos e Canadá. Essa foi a conclusão de um estudo realizado pelo Instituto de Logística e Supply Chain (Ilos), divulgado nesta segunda-feira pelo presidente do instituto, Paulo Fleury, no 15º Fórum Internacional de Logística, realizado no Rio de Janeiro.

EUA repetem trajetória da Grande Depressão, diz historiador

Um ano após a quebra do Lehman Brothers, o historiador Steve Fraser, estudioso do tema Wall Street, destaca ter sido a ação dos governos que evitou a derrocada completa dos mercados financeiros. Mas alerta ser prematuro dizer que tudo está bem.

João Sicsú: PIB cresceu 1,9%: a crise era um V

De 2006 até o terceiro trimestre de 2008, a economia cresceu de forma vigorosa. No entanto, no quarto trimestre de 2008, o Brasil foi atingido pela crise econômico-financeira internacional. Foi uma crise que veio de fora para dentro. Primeiramente, houve uma aguda restrição do crédito ofertado por instituições estrangeiras.

Por João Sicsú*, no Jornal do Brasil

Stiglitz: Problemas bancário são maiores do que antes da Lehman

Joseph Stiglitz, prêmio Nobel da economia, afirmou que os EUA falharam em reparar os problemas de base do sistema bancário, depois da crise financeira e do colapso da Lehman Brothers.

Meirelles: crise foi ataque cardíaco e Brasil usou desfibrilador

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse que o bom momento da economia brasileira antes da crise e as ações rápidas do governo para solucionar os problemas gerados por ela foram os fatores que promoveram a saída sustentada do Brasil do momento econômico ruim.

Para FMI, crise não acabou e desemprego sobe até 2010

O diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, afirmou que a crise não acabou, embora tenha saído do problema financeiro, já que em sua dimensão social e laboral vai continuar se agravando pelo menos até meados de 2010.

Governo libera recursos para Brasil divulgar agronegócio na China

O Ministério da Agricultura, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, vai enviar uma missão à China para divulgar o agronegócio brasileiro. Os recursos para o envio da missão, no valor de R$ 57 mil, foram disponibilizados por meio de portaria publicada hoje no Diário Oficial da União.

Haroldo Lima: ANP sai fortalecida com definição do pré-sal

Em entrevista a Nicola Pamplona e Kelly Lima, do jornal O Estado de S. Paulo, Haroldo Lima, diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), diz que a Petro-Sal não tira o poder da agência. A ANP quer que a Petrobrás foque esforços no pré-sal e repasse operações em pequenos campos petrolíferos para outras empresas. A ideia, segundo o diretor-geral da agência, Haroldo Lima, é permitir a sobrevivência das pequenas petroleiras nacionais que hoje encontram dificuldades para manter as operações.

Pré-sal: Regime de partilha beneficia o país, diz relator

O líder do PMDB na Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (RN), futuro relator do projeto de lei que trata do regime de partilha de produção em áreas do pré-sal, afirma que o Congresso “pode e deve” fazer alterações nas propostas do governo para a exploração do petróleo em camada profunda.

Por Raquel Ulhôa, de Brasília, no Valor Econômico

1 496 497 498 499 500 501