A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Eleição no Chile

Em ato final de campanha, Bachelet pede vitória no 1º turno

Cercada por pouco mais de 20 mil pessoas, a ex-presidente Michelle Bachelet encerrou sua campanha na noite desta quinta-feira (14), no Parque Municipal de Quinta Normal, em Santiago. Ao lado de todos os candidatos ao Parlamento da sua coligação, a líder socialista listou os principais pontos do seu programa de governo, e terminou o discurso com um enfático apelo: “temos que ganhar no primeiro turno!”.

Por Victor Farinelli e Paola Cornejo, na Opera Mundi

No exterior, chilenos usam internet para participar de eleição

O direito a voto dos chilenos que moram fora do país é um tema que sempre volta à tona a cada eleição presidencial. Os que saíram não podem participar das eleições desde o fim da ditadura, já que a Constituição os vê como “inimigos da pátria”. Por isso, a cada quatro anos, grupos de emigrantes vivendo em diferentes países organizam formas de protesto e votações simbólicas, que têm se aperfeiçoado com o uso da internet e das redes sociais.

Por Victor Farinelli e Paola Cornejo, na Opera Mundi

Movimento busca trocar lei eleitoral para ultrapassar ditadura

A última semana da campanha eleitoral no Chile não será marcada somente pelas atividades dos candidatos presidenciais. Principal representante de uma parcela da sociedade que reivindica a convocação imediata de Assembleia Constituinte para substituir a legislação do país, instituída durante a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990), o movimento #MarcaTuVotoAC (“escreva AC no seu voto”) realizará pequenos atos de encerramento em diversas cidades para reforçar sua proposta.

Movimento usa lei de Pinochet para mudar a Constituição no Chile

Na última semana da campanha eleitoral no Chile, representante de uma parcela da sociedade que reivindica a convocação imediata de Assembleia Constituinte para substituir a legislação do país, instituída durante a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990), o movimento #MarcaTuVotoAC (escreva AC no seu voto), realizará pequenos atos de encerramento em diversas cidades para reforçar sua proposta.

Paola Cornejo e Victor Farinelli, de Santiago para o Opera Mundi

Chile: nove visões de um mesmo país

Três mulheres e seis homens disputam as chaves de La Moneda, para o período de 2014 a 2018. Em 17 de novembro os chilenos vão decidir, em primeiro turno, o projeto de país que querem, após quatro anos de governo de Sebastián Piñera, e em 15 de dezembro, se for necessário, votarão num segundo turno.

Por Laura Bécquer Paseiro*, no jornal Granma

Altamiro Borges: Chile e Honduras, derrota da direita?

As forças de direita podem sofrer duas fragorosas derrotadas no novo ciclo eleitoral que se inicia na "rebelde" América Latina. No Chile, a líder da oposição Michelle Bachelet desponta para vencer já no primeiro turno, marcado para 17 de novembro. Já em Honduras, os golpistas que depuseram o ex-presidente Manuel Zelaya podem ser desalojados legalmente do poder com a vitória de sua esposa, Xiomara Castro, nas eleições de 24 de novembro.

Por Altamiro Borges*, em seu blog

Oposição muda estratégia para evitar vitória de Bachelet no Chile

A duas semanas da eleição presidencial no Chile, os três principais adversários de Michelle Bachelet fizeram modificações em suas estratégias de campanha para tentar impedir a vitória da esquerdista já no dia 17 de novembro. Evelyn Matthei, Marco Enríquez-Ominami e Franco Parisi diminuíram a troca de críticas entre si e passaram a concentrar esforços com a ex-presidente, que governou o país entre 2006 e 2010.

Por Victor Farinelli*, do Opera Mundi

Argentina e Chile: caminhos opostos? 

No último domingo (27) ocorreram eleições para renovar parte do parlamento argentino. Abertas as urnas se soube que o oficialismo (governo) continuará sendo a força política mais importante no Congresso Nacional. Em termos nacionais, no entanto, a Frente Para la Victória, de Cristina Kirchner, caiu dos 52,1% de votos obtidos em 2011 para 32,9% agora.

Por Wagner Iglecias*, na Revista Fórum

Bachelet dispara na frente dos demais candidatos no Chile

A ex-presidenta socialista do Chile, Michelle Bachelet, segue na dianteira na disputa presidencial no Chile com uma vantagem cômoda, como revelou nesta terça-feira (29), uma pesquisa elaborada pelo Centro de Estudos Públicos (CEP).

Nova pesquisa confirma favoritismo de Bachelet no Chile

De acordo com pesquisa divulgada nesta terça-feira (22), o segundo turno das eleições chilenas será entre as candidatas Michelle Bachelet, ex-presidenta que concorre pela coligação Nueva Mayoría e Evelyn Matthei do UDI (Unión Demócrata Independiente). O levantamento do instituto Ipsos apontou que Bachelet tem 32% da preferência dos prováveis eleitores, um ponto a menos que o levantamento anterior da mesma pesquisadora, enquanto Matthei teria 20%, três a menos que a última sondagem.

Bachelet lidera em 25 pontos a corrida presidencial no Chile

A um mês das eleições presidenciais no Chile, prevista para 17 de novembro, a ex-presidente e candidata pela coalizão Nova Maioria, Michelle Bachelet, continua a liderar as pesquisas. A socialista abriu 25 pontos de sua principal concorrente, coligação Aliança de direita , Evelyn Matthei.

Favorita no Chile, Michelle Bachelet apresenta medidas sociais

A candidata à Presidência da República do Chile Michelle Bachelet – apontada como uma das favoritas na disputa – anunciou um pacote de 50 medidas para o país. Bachelet prometeu que cumprirá as ações nos primeiros 100 dias de governo. No pacote, a ex-presidenta chilena (2006-2010) priorizou educação, saúde e proteção social. Uma das propostas é a criação de uma administração específica para os fundos de pensão. 

1 2 3 4 5