A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: geração de emprego

Bahia mantém liderança na geração de emprego no Nordeste

O Ministério do Trabalho e Emprego divulgou nesta terça-feira (17/5) os dados da geração de emprego no mês de abril e confirmou a Bahia na dianteira da criação de novas vagas no Nordeste, com 10.623 empregos celetistas. No acumulado do ano já são 30.474 postos de trabalho acumulados nos quatro primeiros meses de 2011. Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e inclui dados entregues fora do prazo.

Bahia atinge 2,1 milhões de empregos em 2010

Em 2010, o estado da Bahia atingiu o número de 2,1 milhões de empregos formais. Os dados são da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgados nesta quarta-feira, dia 11, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Isso significa um crescimento de 6,98% em relação ao ano passado, gerando um saldo de 139,6 mil postos de trabalhos em relação ao ano de 2009.

Belém é a maior geradora de empregos do Pará

Belém teve saldo positivo de empregos formais chegando a 15 mil postos de trabalhos nos últimos 12 meses. Segundo o balanço feito pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese/Pa), com dados oficiais do Ministério do Trabalho, a capital do Pará continua sendo a maior geradora de empregos formais do estado.

Bahia é o único estado do Nordeste com saldo positivo de emprego

A Bahia foi o único estado do Nordeste a apresentar saldo positivo de geração de empregos em março. É o que mostra os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgados nesta terça-feira (19/4). No mês passado, o estado teve um saldo de 2.758 empregos e já acumula 17.193 postos de trabalho gerados em 2011.

Bahia continua liderando geração de empregos no Nordeste

O ano de 2011 começou com uma boa notícia para os trabalhadores baianos. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados nesta quinta-feira (24/2), o estado teve o saldo de 7.438 novos empregos com carteira assinada em janeiro de 2011 e continua liderando a criação de novas vagas na região Nordeste. O setor de serviço foi o que mais se destacou em janeiro, seguido de agropecuária, Indústria de Transformação e a construção civil.

Bahia bate novo recorde na geração de empregos

De janeiro a outubro deste ano, a Bahia gerou 98.024 mil postos de trabalho, batendo o recorde anual para o período – em termos absolutos e relativos – de toda a série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged, iniciada em 1995. O resultado também assinala, para o estado, o melhor desempenho da região Nordeste. As informações são do Ministério do Trabalho e Emprego.

Bahia bate novo recorde na geração de empregos em agosto

A criação de 11,2 mil postos de trabalho no mês passado representa o melhor resultado para um mês de agosto de toda a série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged, iniciada em 1992. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (16/9) e, somados ao acumulado do ano, totalizam 80,7 mil empregos gerados em 2010; o melhor desempenho das regiões Norte e Nordeste e o oitavo entre os demais estados brasileiros. Nos últimos 12 meses, o número chega aos 107,8 mil.

Bahia bate recorde de emprego no primeiro semestre

De janeiro a junho deste ano, o estado gerou 61.334 mil empregos com carteira assinada. A marca supera o acumulado em todo o ano de 2007 e 2008, quando foram criados, respectivamente, 58.720 mil e 40.922 mil postos formais de trabalho. Somente em junho, foram abertas 3.705 mil novas vagas em toda a Bahia, das quais 1.214 mil em Salvador. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged do Ministério do Trabalho e Emprego, divulgados nesta quinta-feira (15/7).

Geração de emprego bate novo recorde em maio

Apenas no mês de maio, o Brasil gerou 298 mil empregos com carteira assinada. Esse é o melhor resultado na história do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. Durante o anúncio do novo recorde, o ministro Carlos Lupi, disse que não teme a possibilidade de aumento da inflação. Segundo Lupi, o Brasil tem conseguido manter um índice entre 5% e 5,5%, e não deve fugir disso.

Mais 5 mil postos de trabalho no Distrito Federal em abril

Dieese revela redução do índice de pessoas sem ocupação – o melhor resultado de abril, desde 1992. Foram criados 5 mil postos de trabalho de março para abril.

Bahia bate recorde de empregos no Nordeste

Os setores da construção civil, indústria de transformação, serviços e agropecuária foram os principais responsáveis por alavancar a geração de empregos na Bahia no mês de março. Ao todo, foram criados 10.226 mil postos formais de trabalho em todo o estado – destes, 5.774 mil em Salvador. Os dados foram divulgados na última quinta-feira (15/3) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

BA: Investimentos produtivos e qualificação aumentam empregos

A taxa de desemprego na Bahia caiu de 22% para 17,8% e o número de empregos informais também tem caido, ao passo que as contratações com carteira assinada estão aumentando. Os dados, da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), mostram que os empregos são resultados de ações em diversas áreas, inclusive do próprio Governo do Estado, que investe em obras públicas como hospitais, implementa atividades de educação, segurança pública e atrai novos investimentos.

1 2 3 4 5