A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Guerra do Iraque

“Lula é o principal preso político do mundo”, diz Noam Chomsky 

Aos 90 anos, Noam Chomsky, o pensador dissidente mais longevo do Ocidente, analisa as novas armas do imperialismo usadas contra Venezuela, Cuba, Irã e Brasil. Em entrevista ao Jacobin Brasil, o intelectual marxista compara Bolsonaro a Mussolini ao recordar da célebre frase escrita por Karl Marx em 18 Brumário.

Hoje faz 15 anos da invasão no Iraque

Em 2003, as tropas norte-americanas e forças da coalizão anti-iraquiana deram início à operação militar para invadir o Iraque. Este ano é marcado pelo 15º aniversário desde o começo da luta contra a Al-Qaeda e da invasão que supostamente queria combater o terrorismo, mas acabou por reforça-lo 

Relatório sobre invasão do Iraque expõe Tony Blair; haverá impunidade?

Uma comissão britânica divulgou nesta quarta-feira (6) o esperado relatório sobre a participação do Reino Unido e o papel do então primeiro-ministro Tony Blair na invasão do Iraque, em 2003. Com um saldo de devastação e a morte de 100 mil pessoas apenas no primeiro ano, parte dos familiares de 174 soldados britânicos mortos tacharam Blair de “o pior terrorista do mundo”, título que disputa com seu aliado na guerra, o então presidente estadunidense George W. Bush.

Por Moara Crivelente*

Mercenários: relatório aponta empresas que lucram bilhões em guerras

Desde que a 'guerra ao terror' começou há 15 anos, o número de mercenários contratados por empresas militares e de segurança privadas que operam nas linhas de frente no Oriente Médio e na África explodiu enormemente. É o que informa o mais recente relatório da organização War on Want.

Guerras Sujas: como os Estados Unidos assassinam inocentes

Guerras Sujas, dirigido por Rick Rowley, trata de ações militares dos Estados Unidos contra civis no Afeganistão, no Iêmen e na Somália, e que não são justificadas e nem reconhecidas pelo governo americano. Entre as vítimas estão crianças, mulheres grávidas e até um cidadão americano.

Por Gérson Trajano, na Carta Maior

No Iraque, 40% das mortes resultam do colapso causado pela guerra

Um estudo publicado nesta quarta-feira (16) pela Universidade de Washington assinala que 60% do meio milhão de mortes deixadas pela guerra no Iraque são diretamente atribuídas à violência, e o resto é derivado do colapso das infraestruturas e outros problemas associados à guerra.

José Reinaldo: Obama é "patético" ao vender imagem de pacifista

Para contrapor mais uma ofensiva imperialista no mundo, ativistas promovem diversos atos pelo país em solidariedade ao povo sírio, que está sob ameaça de guerra. Um deles ocorrerá na sexta-feira, dia 6 de setembro, em São Paulo. O editor do Portal Vermelho, José Reinaldo Carvalho, aborda a intenção estadunidense em iniciar uma guerra de agressão à Síria e convoca a todos para apoiar os protestos contra a guerra.

Ernesto Gómez Abascal: Crônica do início da invasão do Iraque

Pouco antes da invasão ianque em março de 2003, decidi viajar de Bagdá a Basra utilizando a rodovia que desce pelo leste, via Kut e Amara, que segue muito de perto o curso do grande rio Tigre e aproxima-se às vezes da frontera iraniana.

Por Ernesto Gómez Abascal*

Nobel da Paz defende que Blair e Bush sejam julgados

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu, prêmio Nobel da Paz e um dos heróis da luta contra o apartheid em seu país, fez duras críticas ao ex-presidente dos EUA George W. Bush e o ex-premiê britânico Tony Blair. Em um artigo ao jornal semanal britânico The Observer publicado neste domingo (2), Tutu diz que os dois deveriam ser julgados na corte internacional de Haia, na Holanda, “pela devastação física e moral causada pela [segunda] guerra do Iraque (2003)”.

Nos EUA, os inimigos invisíveis da guerra

Estupros e suicídios. Os adversários mais ameaçadores das Forças Armadas dos EUA são internos. Nos dois últimos anos, ao menos 21 mil soldados sofreram violência sexual. Atualmente, um militar da ativa se mata a cada 24 horas. E um veterano, segundo o Department of Veterans Affairs, tira a própria vida a cada 80 minutos. Do início da Guerra do Afeganistão, em 2001, até 10 de junho de 2012, mais combatentes se suicidaram (2.676) do que morreram em atividades bélicas (1.950) no país asiático.

Bush, Cheney, Rumsfeld e Blair são condenados por crime de guerra

A justiça internacional volta nesta segunda (14) a colocar no banco dos réus funcionários de governos anteriores dos Estados Unidos, por seu protagonismo na execução de torturas e crimes de guerra.

A que se deve a loucura dos soldados estadunidenses? 

O caso recente do massacre de 16 civis afegãos por um soldado estadunidense causou um alvoroço na imprensa internacional. O exército dos Estados Unidos é considerado o mais poderoso do planeta; mas se vê envolvido em incidentes graves que acabam com a vida de civis inocentes. Pela imprensa ocidental, podemos ver que não se trata de casos raros; mas, poder-se-ia dizer que já se tornou um costume o fato de que alguns soldados utilizarem a população civil como alvo para "descarregar sua ira”.

1 2 3