A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: movimento sindical

CTB debate plano ação e lutas dos trabalhadores

A reunião acontece nesta sexta-feira (13) e sábado (14), nas dependências da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), em Brasília-DF.

Adilson Araújo: Contra a MP 905, por direitos e empregos

As centrais sindicais iniciaram nesta terça-feira (10/12), em São Paulo, a Jornada de Lutas por Empregos e Direitos. As ações ocorrem sob um quadro de vulnerabilidade que vem mergulhando grande parte da população brasileira.

Por Adilson Araújo*

Centrais sindicais abrem hoje Jornada de Lutas por Empregos e Direitos

Dez centrais sindicais do País deram início nesta terça-feira (10) a uma série de caminhadas, panfletagens e mobilizações para denunciar a Medida Provisória 905 – a MP que tira direitos e cria a Carteira Verde e Amarela. É a Jornada de Lutas por Empregos e Direitos, organizada por CUT, Força Sindical, UGT, CTB, CSB, Nova Central, CGTB, Intersindical, Intersindical Instrumento de Luta e Conlutas. As ações se concentram na região metropolitana de São Paulo.

Direitos e liberdade de expressão: não retroceder à República Velha

A celebração dos 130 anos da República, para o nosso movimento sindical, tem o sentido de mostrar à sociedade a importância histórica das conquistas dos direitos democráticos e trabalhistas e da liberdade de expressão na construção de uma nação justa, civilizada, desenvolvida e próspera para todos.

Por Sérgio Nobre (CUT) e Miguel Torres (Força Sindical)*

O que pensam os trabalhadores metalúrgicos hoje 

O Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região (MG) – umas das mais importantes entidades sindicais operárias do País – acaba de concluir uma pesquisa sobre a realidade da categoria metalúrgica. Com base no depoimento de trabalhadores do setor, o levantamento – ao qual o Vermelho teve acesso – mostra um painel de impressões, desconfianças, temores e expectativas. Mostra, enfim, a nova mentalidade dos metalúrgicos, em meio às dificuldades do mundo sindical e aos ataques do governo Jair Bolsonaro.

Ato com 250 sindicalistas reforça luta em defesa da unicidade 

Cerca de 250 sindicalistas participaram do Ato em Defesa dos Direitos Sociais, da Justiça do Trabalho e das Entidades Sindicais, nesta segunda-feira (4), no Sindicato dos Metroviários de São Paulo. Convocado por CTB, Nova Central, CSB, CGTB e FST, a atividade frisou a importância do Artigo 8º da Constituição e da unicidade sindical, além de aprovar moções contra as ameaças de um novo AI-5 feitas pelo deputado Eduardo Bolsonaro, em defesa da liberdade de imprensa e da Justiça do Trabalho.

Clemente Ganz: prioridade deveria ser gerar emprego de qualidade

As Centrais Sindicais (CTB, CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST e CSB) acabam de divulgar nova versão da Agenda Prioritária da Classe Trabalhadora 2019. O documento destaca 23 diretrizes propositivas para enfrentar os graves problemas que atingem os trabalhadores brasileiros.

Por Clemente Ganz*

Clemente Ganz: Um filme que ilumina os desafios para o novo sindicato

Acionistas decidiram fechar uma unidade francesa da fábrica alemã Perrin Industrie. Há dois anos, um acordo foi fechado entre a empresa e os sindicatos dos trabalhadores, o que implicou aumento de jornada de trabalho e da produção sem aumento dos salários, mas com o compromisso de preservar os empregos. Os trabalhadores cumpriram o acordo. Os acionistas queriam mais lucro e descobriram que ganharão (eles, os acionistas) muito mais se fecharem a fábrica.

Por Clemente Ganz Lúcio*

CTB: A convulsão social no Chile é o produto final do neoliberalismo 

 Ao longo dos últimos dias, o Chile vem sendo sacudido por uma surpreendente convulsão social, que induziu o governo conservador de Miguel Juan Sebastián Piñera a decretar estado de emergência, toque de recolher e intensificar a repressão, entregando o controle da capital do país (Santiago) aos militares. Até o início de segunda-feira (21) tinham sido computadas pelo menos 11 mortes, centenas de feridos e cerca de 1500 pessoas presas.

Por Adilson Araújo*

Miguel Torres: Vida longa à Constituição Cidadã de 1988! 

O movimento sindical brasileiro tem uma grande história de lutas de resistência contra os regimes autoritários, a opressão e a exploração da classe trabalhadora.

Por Miguel Torres*

Nivaldo Santana: Novos riscos para os sindicatos 

Desde 1º de maio de 1943, vigora no país a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Com quase mil artigos, a CLT elevou o patamar de direitos dos trabalhadores, definiu os parâmetros da organização sindical e o papel da Justiça do Trabalho para arbitrar conflitos trabalhistas individuais e coletivos.

Por Nivaldo Santana*

Bolsonaro quer dividir, pulverizar e debilitar o sindicalismo, diz CTB

Em reunião ampliada de sua direção executiva, a CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) denunciou as estratégias do governo Jair Bolsonaro (PSL) para “dividir, pulverizar e debilitar ainda mais o movimento sindical e o povo trabalhador”. Na opinião da CTB, expressa em nota divulgada nesta sexta-feira (27), “o momento exige um esforço redobrado para a sobrevivência e o fortalecimento das organizações sindicais, que caminham lado com as conquistas e os direitos trabalhistas”.

1 2 3 4 5 6 158