A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Olimpíadas

Medalhista de ouro brasileiro critica redução da maioridade penal

Um dia após conquistar a inédita medalha de ouro olímpica no boxe para o Brasil, o pugilista Robson Conceição fez um apelo ao governo brasileiro, para que invistam mais em programas sociais voltados para crianças e adolescentes do país, e criticou quem pede a redução da idade penal como solução para a criminalidade e violência.

No Itaquerão, Frente Povo sem Medo denuncia o golpe ao mundo 

O movimento para denunciar o golpe que afastou a presidenta Dilma Rousseff do poder vem ganhando cada vez mais adesão popular. A Frente Povo Sem Medo, uma das organizações sociais protagonistas na luta contra o impeachment, aproveitou os holofotes da semifinal do futebol masculino que ocorreu no Itaquerão na tarde desta quinta-feira (17), em São Paulo, para alertar ao mundo que, por trás do clima olímpico, há o descontentamento da população com a interrupção do regime democrático no país.

No Itaquerão, Frente Povo sem Medo denuncia o golpe ao mundo 

O movimento para denunciar o golpe que afastou a presidenta Dilma Rousseff do poder vem ganhando cada vez mais adesão popular. A Frente Povo Sem Medo, uma das organizações sociais protagonistas na luta contra o impeachment, aproveitou os holofotes da semi-final do futebol masculino que ocorreu no Itaquerão na tarde desta quinta-feira (17), em São Paulo, para alertar ao mundo que, por trás do clima olímpico, há o descontentamento da população com a interrupção do regime democrático no país.

Mulheres no Rio de Janeiro se manifestam contra cultura do estupro 

Mulheres independentes e ligadas aos movimento sociais reuniram-se nesta segunda-feira (15), na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), denunciando a cultura do estupro presente nos altos índices de violência contra a mulher no Brasil. As manifestantes reivindicam a saída do deputado federal Marcos Feliciano (PSC-SP) do seu cargo, por acusações de abuso sexual, e repudiam os quatro estupros que ocorreram na Vila Olímpica, onde se alojam os atletas que participam das Olimpíadas.

Frente Povo sem Medo realiza ato pelo Fora Temer na quarta-feira

Os movimentos sociais seguem a agenda de mobilizações pelo “Fora Temer” durante o período das olimpíadas, momento em que o processo de ilegítimo impeachment da presidenta Dilma Rousseff tramita no Senado. Para dizer não ao golpe de Estado que promoveu a ascensão da direita no país e retira conquistas sociais históricas, a Frente Povo sem Medo convoca uma manifestação nesta quarta-feira (17), na capital paulista. 

Medalha de papelão para o discurso de meritocracia

É só alguém fora dos padrões convencionais da “família tradicional brasileira” ganhar uma medalha, que os conservadores já tentam se apropriar do triunfo. Ao contrário do que dizem, a conquista do lugar mais alto do pódio pela judoca Rafaela Silva não reforça a ideia de meritocracia e sim a derruba.

Por Penélope Toledo*

Boxeador cubano dedica vitória nas Olimpíadas a Fidel Castro

Neste sábado (13), o líder máximo de Cuba, Fidel Castro, completou 90 anos. O boxeador cubano Lenier Pero escolheu homenagear o comandante com sua vitória no boxe nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. “Quero mandar meus parabéns ao comandante”, disse o jovem de 23 anos.

O poder da palavra no ouro olímpico

 A medalha de ouro para a magnífica atleta Rafaela Silva, vencedora dos limites da sua condição de classe, raça e gênero, guarda muitas explicações. Delas, a mais elementar destaca o seu poder de guerreira, de talento e resistência na funda pobreza. Essa é a versão dos que procuram super-heróis ou apoio em leituras de autoajuda, que é sempre refrigério no desespero ou sofrimento.

Por Urariano Mota

Pedido de casamento gay dá visibilidade à causa LGBT

A entrada da modelo transexual Lea T à frente da delegação brasileira na abertura da Olimpíada, na última sexta-feira (5), foi o começo de uma semana em que a visibilidade da população LGBT teve presença nos Jogos do Rio de Janeiro.

Jogadora do vôlei argentino leva sua raiz indígena para a Olimpíada

A jogadora mais baixinha da seleção de vôlei da Argentina, Emilce Fabiana Sosa, ou melhor, a Mimi Sosa, se destaca não só pela baixa estatura e alto desempenho, mas pela história que carrega tatuada no antebraço. Quem prestar atenção vai ver a frase “Otetsel ta n’am talakis”, que na língua wichi quer dizer “Minhas raízes, minha história”. A atleta olímpica cresceu em uma comunidade indígena na região mais pobre da Argentina e traz essa história na pele.

Por Mariana Serafini

Cláudio Mota: Duas Rafaelas, dois Brasis

Muitos podem questionar porque a nossa medalhista de ouro no judô Rafaela Silva expressou seu apoio à presidenta Dilma. Certamente, estarão criticando a mistura entre política e esporte. Mas, foram justamente as políticas públicas para o esporte dos governos Lula e Dilma que permitiram uma menina negra, pobre e da Cidade de Deus, periferia do Rio de Janeiro, chegar ao ponto mais alto do esporte olímpico.

Por Claudio Santos Mota*



Haroldo Lima: Porque o povo fez festa na abertura da Olimpíada

Quando tudo já tinha acontecido, quando toda a beleza estética já se exibira e a diversidade étnica e cultural fizera sua festa, na memorável “abertura” da Olimpíada no Maracanã, quando as mensagens ecológicas já tinham se espraiado e a estrondosa vaia contra o intruso Temer já fora escutada, eis que um grito de guerra ecoa no grande estádio: “sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”. Era o sinal de que o espetáculo tinha sido aprovado e o povo estava de pé.

Por Haroldo Lima*

1 2 3 4 5 14