A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: PCdoB,

Dinamarqueses querem ajustes na tática comunista

Em sua contribuição para o 10.º Encontro Internacional dos Partidos Comunistas e Operários, realizado em São Paulo, a presidente do Partido Comunista na Dinamarca, Betty F. Carlsson, apontou a necessidade de renovar a tática dos comunistas para enfrentar a crise.

Onda de estatizações no capitalismo surpreenderia a URSS

O membro do birô político do Partido Comunista da Índia (Marxista), Sitaram Yechuram, declarou nesta sexta-feira (21), durante o 10.º Encontro Internacional dos Partidos Comunistas e Operários, que as corporações financeiras que lideravam e mandavam no planeta, foram liqüidadas e emasculadas pela crise que atingiu o sistema capitalista mundial.

Contra crise, PCB quer unidade de ação e inserção nas massas

Saudando o PCdoB e os demais partidos presentes ao 10º Encontro de Partidos Comunistas e Operários, o Partido Comunista Brasileiro (PCB), através de seu secretário geral Ivan Pinheiro, disse, em sua intervenção, que “o papel dos comunistas e o grau de sua unidade de ação e de inserção nos movimentos de massa serão decisivos, nessa difícil conjuntura que vamos enfrentar”. A íntegra do documento o Vermelho publica a seguir.

PC de Belarus: hegemonia dos EUA se quebra à nossa frente

BelarusNa opinião da presidente do Partido Comunista de Belarus, Tatiana Golubeva, a crise do sistema capitalista prova, uma vez mais, que “a sociedade deve ser construída em planejamento”. Ao intervir nesta sexta-feira (21), durante o 10º Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários, em São Paulo, Tatiana afirmou que uma dos impactos mais relevantes da crise é que “a hegemonia dos Estados Unidos se quebra à nossa frente”.

Cuba aos PCs: “Somar, unir e multiplicar as nossas forças”

“Há que somar, unir e multiplicar as nossas forças. Não existe outra alternativa. A presente crise, mesmo sem significar o fim do capitalismo, oferece-nos uma oportunidade”, observou Fernando Estemoz, secretário de Relações Internacionais e chefe da delegação do Partido Comunista de Cuba, no Encontro de 66 PCs que ocorre em São Paulo. Cuba socialista é uma das experiências mais valorizadas no evento. Veja extratos da fala de Estemoz.

PC Sul-Africano ironiza: “O mito do livre-mercado explodiu”

Chris Matlhako, o secretário de Relações Internacionais do Partido Comunista Sul-Africano (SACP, na sigla em inglês) fez uma intervenção repleta de ironia no Encontro Internacional dos PCs. Zombou daqueles que defendiam “as ilusões da política neoliberal” na África do Sul, e achavam que “impressionar os investidores estrangeiros” era o “mais importante”. Com a crise, “a história provou outra coisa”, assinalou.

Obama não abandonará intenção de dominação global, adverte belga

O secretário-geral do Partido do Trabalho da Bélgica, Baudoin Deckers, afirmou nesta sexta-feira (21) que há uma nova relação de forças no mundo. “Os EUA permaneceram 65 anos como potência mundial e vêm sua liderança ameaçada pela crise financeira atual. Sua hegemonia teve dois pilares, o poder militar e o econômicos, ambos avassaladores”. Mas isto aparentemente está chegando ao fim, segundo Deckers.

PC da Argentina: crise é superior à de 1929 e exige unidade

Diferentemente do que sustenta o presidente da França, Nicolas Sarkozy, o colapso neoliberal não é apenas “a crise de uma variável do capitalismo”. Foi o que afirmou o secretário geral do Partido Comunista da Argentina, Patrício Echegarray, numa das primeiras intervenções do 10º Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários. O evento ? que acontece pela primeira vez na América Latina ? começou em São Paulo (SP), na manhã desta sexta-feira (21).

Comunista búlgaro adverte para perigo de guerra com a crise

Alexander Paunov, primeiro-secretário do Partido Comunista da Bulgária, fez uma grave advertência no Encontro Internacional dos PCs, sobre o perigo da crise global do capitalismo conduzir a uma guerra. Ele lembrou que “esta é uma saída tradicional” e analisou o papel dos Bálcãs neste contexto.

Crise abre novas perspectivas para a esquerda, diz boliviano

O secretário de Relações Internacionais do Partido Comunista da Bolívia, Marcos Domich, apontou em sua intervençao no 10º encontro dos Partidos Comunistas e Operários nesta sexta-feira (21) que a crise financeira pode criar oportunidades para a esquerda no mundo e, principalmente, na América Latina.

PCCh aponta desafios da construção do socialismo na China

Dirigente aborda socialismo científicoHu Yanxin, vice-presidente do Comitê Central do PC da China, fez sua intevenção focada na realidade chinesa e nos desafios do país para a construção do socialismo. “Apesar do PIB per capita da China já ter atingido 2 mil dólares, ainda existe grande disparidade em comparação com os países desenvolvidos, cujo PIB per capita é 20 mil dólares”, disse. Por isso, completou, “é preciso que a China passe por um longo período da etapa primária do socialismo”. Acompanhe a intervenção escrita pelo próprio PCCh.

Socialismo é saída para crise, diz Renato Rabelo

Renato Rabelo“Esta crise não pode ser resolvida de forma efetiva nos marcos do sistema capitalista. A verdade se impõe: o tempo vai confirmando que a saída de fundo é o socialismo”. A declaração foi dada nesta manhã pelo presidente do PCdoB, Renato Rabelo, durante abertura do 10º Encontro de Partidos Comunistas e Operários, que acontece até domingo (23) no Novotel, centro de São Paulo. O Vermelho reproduz, a seguir, a íntegra da apresentação feita pelo dirigente brasileiro.

1 464 465 466 467 468