A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: piso salarial – professores

CNTE diz que regra aprovada na Câmara afeta piso salarial dos professores

A entidade entende ainda que as alterações promovidas no texto por parlamentares que apoiam o governo devem levar à redução de vagas na rede pública

MEC vai criar fórum para acompanhar piso salarial dos professores

O Ministério da Educação (MEC) vai publicar no próximo dia 24 duas portarias que avançam no cumprimento do Plano Nacional de Educação (PNE). A data marca um ano de vigência do plano e o fim do primeiro prazo estipulado na lei.

Luciana cobra cumprimento da Lei do Piso Salarial dos professores

Em discurso na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (5), Luciana Santos (PCdoB-PE) cobrou o cumprimento da lei do piso salarial do magistério, instituído pela Lei 11.738/08. Este ano, o Ministério da Educação anunciou uma atualização de 13,01% no piso. Com isso, o vencimento inicial da categoria passaria de R$ 1.697,39 para R$ 1.917,78 em todo o país, mas nem todos os estados estão cumprindo a determinação.

Professores ocupam Congresso para pressionar parlamentares 

Na manhã desta quarta-feira (4), trabalhadores em Educação de todo o país ocupam o Congresso Nacional, em protesto à proposta dos governadores de redução do piso salarial. A campanha ‘Piso dos Professores(as): deputado(a), estamos de olho no seu voto! Vote contra o INPC. Vote contra a proposta dos governadores!’ foi criada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE) para pressionar os deputados federais para que não votem contra os interesses da categoria.  

Deputados querem ouvir governadores sobre piso dos professores 

A presidenta da Subcomissão Permanente sobre Financiamento da Educação da Câmara dos Deputados, deputada Iara Bernardi (PT-SP), quer estabelecer um debate com governadores de estados e do Distrito Federal sobre o cumprimento da lei que criou o Piso Nacional do Magistério. A Comissão de Educação aprovou requerimento de autoria da deputada para realizar uma audiência pública sobre o tema.  

Mercadante pede que Câmara discuta piso salarial de professores

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, pediu nesta quarta-feira (21) à Câmara dos Deputados que "se debruce" sobre o reajuste do piso salarial dos professores. Segundo ele, o piso teve um reajuste de 64% nos últimos anos. "Nem sempre [os estados e municípios] conseguiram ter um aumento de receita proporcional ao aumento salarial", disse. Os aumentos não seguem nenhuma proporcionalidade específica, o que dificulta o cumprimento.

CNTE lança a campanha "Educação Pública, Eu Apoio" 

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) lança nesta quinta-feira (21), às 16 horas, na sede da entidade em Brasília (DF), a campanha Educação Pública, Eu Apoio! Segundo o presidente da CNTE, Roberto Leão, “essa campanha se faz necessária para que todos os brasileiros e brasileiras entendam a necessidade de defender uma escola pública de qualidade. A escola pública é a grande escola do Brasil.”

Para a CNTE, reajuste do piso do professor é insuficiente

O valor piso salarial nacional do magistério da educação básica terá reajuste de 7,97% em 2013. A informação, divulgada nesta quinta-feira (10) pelo Ministério da Educação (MEC), não agradou a Confederação nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Para a entidade, o reajuste do piso é insuficiente. Além de representar o menor índice dos últimos três anos, o valor não corresponde ao que foi proposto pela CNTE.

Greve dos professores do DF completa 45 dias

Para há 45 dias, professores do Distrito Federal decidiram, em assembleia realizada nesta terça-feira (24), continuar a greve. Na última sexta-feira (20), o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) considerou a greve abusiva e determinou que 80% dos professores voltassem a trabalhar.

Reajuste do piso do professor será tema de novo debate na Câmara

O reajuste do piso salarial nacional do magistério volta a ser tema de debate na próxima quarta-feira (25) entre a comissão especial da Câmara que discute o assunto e várias entidades interessadas no tema. A deputada Fátima Bezerra (PT-RN), coordenadora do grupo de trabalho suprapartidário, reafirma a disposição do colegiado em buscar uma “proposta intermediária” para corrigir o piso salarial dos professores, atualmente de R$ 1.451.

SP: Câmara aprova piso de R$ 2,6 mil para professores municipais

Os vereadores da Câmara Municipal de São Paulo aprovaram nesta terça-feira (8), em segunda votação, um substitutivo ao Projeto de Lei (PL) 332/11, de autoria do Executivo, que eleva o piso salarial dos professores da rede pública municipal para R$ 2,6 mil por uma jornada de 30 horas semanais. O piso nacional para 40 horas é de R$ 1.184.

Dez mil pessoas vão à Brasília pelos 10% do PIB para Educação

No dia 26 de outubro, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e suas 43 entidades filiadas em todo o Brasil farão uma mobilização que promete reunir cerca de dez mil pessoas em Brasília. É a 5ª Marcha Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública, que nesta edição pede pelos 10% do PIB (Produto Interno Bruto) para a Educação. O Brasil investe, hoje, cerca de 5% do PIB no setor.

1 2 3