A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: sistema financeiro

“Estamos frente a um sistema de agiotagem que paralisou o país”

O economista Ladislau Dowbor, que está lançando o livro A Era do Capital Improdutivo, fala sobre como os mecanismos financeiros capturaram o poder político em todo o mundo, inclusive no Brasil.

Uma abordagem marxista da economia brasileira recente

Para além do debate entre ortodoxos e heterodoxos, os caminhos recentes da economia brasileira podem ser pensados sob a chave da relação entre a política econômica e as forças sociais que a operam.

Por Bruno Miller Theodosio*, no Brasil Debate

Sistema tributário do Brasil é um dos mais injustos do mundo

Clemente Ganz Lúcio, diretor técnico do Dieese, comenta conclusão do Instituto de Estudos Socioeconômicos, a partir de dados da Receita Federal entre os anos de 2007 e 2013, de que o Brasil tem um dos sistemas tributários mais injustos do mundo.

Em 13 anos, Brasil transferiu R$ 3 trilhões ao sistema financeiro

A busca incessante por superávits primários – elevada a um patamar superior na gestão Temer-Meirelles – drena verbas de áreas como saúde, educação, previdência e novos investimentos para o pagamento de juros da dívida pública. Tudo sob o argumento de que é preciso equilibrar as contas do governo. Apesar de tamanho esforço fiscal, que prejudica a maioria da população em benefício de poucos rentistas, o estoque do endividamento só faz crescer, expondo a falácia do discurso corrente. 

Deutsche Bank preocupa sistema financeiro mundial

O maior banco da Alemanha está no centro das preocupações do sistema financeiro mundial. As ações do Deutsche Bank já caíram mais de 50% nos últimos 12 meses, apesar de os executivos do banco garantirem que a empresa está financeiramente saudável.

Querem proteger a agiotagem do sistema financeiro, diz Daniel Almeida

O governo ilegítimo de Michel Temer apresentou ao Congresso Nacional uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos.

Setor financeiro é mais culpado pela recessão que Dilma

Explosão do endividamento das famílias, juros sobre investimentos e alta da taxa Selic tornam inviáveis o dinamismo da economia, segundo o professor da PUC-SP, Ladislau Dowbor.

Deutsche Bank: gigante de pés de barro, espelho do setor financeiro

A aguda crise que atinge os bancos da Europa ativou a luz de alerta no mundo, levantando questionamentos sobre a capacidade dessas grandes instituições financeiras honrarem seus compromissos. No olho do furacão, está o maior banco comercial alemão.

Goldman Sachs lança dúvidas sobre eficiência do capitalismo

Em meio a uma discussão sobre a sustentabilidade das margens de lucro das empresas, os analistas da gigante instituição financeira Goldman Sachs disseram a seus investidores, em uma nota, que podem ter que questionar a eficiência do próprio capitalismo. Que o sistema econômico hoje dominante no mundo é alvo de muitas críticas e dúvidas é um fato; que elas partam de um banco, isso é novidade.

Rolnik: Neoliberalismo coloca direito à moradia em segundo plano

Na era do capitalismo global, o direito à moradia – um direito humano fundamental – é relegado a segundo plano em todos os países que seguem o receituário neoliberal. Desde os anos 1970, a habitação e a urbanização passam por um processo que a arquiteta e urbanista Raquel Rolnik chama de financeirização, em que a lógica dos projetos, mais do que atender a um direito, busca assegurar o retorno dos investimentos.

Tarifas bancárias cobradas de clientes pagariam toda folha salarial

As tarifas bancárias cobradas pelos oito maiores bancos do país nos últimos três anos subiram 169%, percentual 8,6 vezes superior à inflação para o mesmo período, segundo apontou a associação de consumidores Proteste. Apesar disso, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentou uma contraproposta aos bancários que nem chega a repor as perdas da inflação.

Por Dayane Santos

Lei de Responsabilidade: Uma lei para garantir rentismo especulativo

Um dos mais enfáticos lutadores contra a aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF – oficialmente Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000) foi o então deputado comunista Sérgio Miranda (1947-2012).

Por José Carlos Ruy

1 2 3 4 5 7