Pandemia deve manter nova queda na 42a semana

Chegando ao final, semana tem mantido média de menos de 20 mil casos, contra mais de 25 mil na semana anterior, e média de 500 mortes contra 600 da semana anterior.

Em países europeus, como a Itália, os governos entram em alerta com o aumento descontrolado da pandemia de Covid-19, numa segunda onda de contágios. Foto Antonio Cartoni

Será um péssimo sinal se, neste sábado (17),  a curva epidemiológica de contágios da Covid-19 ultrapassasse ou se igualasse à semana anterior. Para isso, terá que haver uma explosão de casos devido à queda no distanciamento ocorrido no feriado do fim de semana anterior, quando multidões foram às praias.

Não parece que seja o que vai ocorrer. Amanhã, precisaria haver o registro de 58.141 novos contágios para não haver nova queda na curva. A média diária desta semana foi de 19.610 contra 25.114 da semana anterior. O mesmo ocorre com a curva de óbitos. Precisaria haver 1.195 mortes registradas no sábado, o que é improvável devido à média de 502 óbitos diários contra 601 da semana anterior.

Nesta sexta-feira (16), o Ministério da Saúde levantou 754 novas mortes registradas pelas secretarias estaduais de saúde, somando 153.214 no total desde o início da pandemia. Segundo o consórcio da imprensa, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 505, uma variação de -23% em relação aos dados registrados em 14 dias. 

Os contágios registrados nas últimas 24 horas foram 30.914, somando um total de 5.200.300 brasileiros doentes desde março de 2020. A imprensa calculou a média móvel de novos casos com uma variação de -23% em relação aos casos registrados em 14 dias. Ou seja, também encontra-se na faixa que aponta queda.

O ministério considera que 4.619.560 doentes foram recuperados, com 427.526 sob tratamento no momento.

Covid-19 nos Estados

Apenas três estado apresenta indicativo de alta de mortes: Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte. Outros 18 estados têm curvas que apontam queda. Ontem, o resultado era melhor, com apenas dois estados em alta e 19 em queda, pela primeira vez desde o início da pandemia.

  • Subindo (3 estados): PB, PI e RN
  • Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (5 estados + o DF): MG, RJ, DF, AL, MA e SE
  • Em queda (18 estados): PR, RS, SC, ES, SP, GO, MS, MT, AC, AM, AP, PA, RO, RR, TO, BA, CE e PE
Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *