Comitê organiza campanha de Daniel Jadue entre os imigrantes chilenos

O Chile terá eleições presidenciais em 21 de novembro (primeiro turno) e 19 de dezembro (eventual segundo turno) e pode entrar no ano de 2022 com um comunista na presidência.

Trata-se de Daniel Jadue, membro do Partido Comunista do Chile (PCC), prefeito de Recoleta, onde, no dia 16/05, foi reeleito pela terceira vez para o cargo com 64% dos votos, sua maior votação no município.

Várias pesquisas apontam Jadue como um dos favoritos e até liderando a corrida presidencial. Embora ainda tenha que passar pelo crivo das primárias das diversas forças progressistas que buscam a unidade, o PC do Chile já estruturou a campanha de Daniel Jadue em “Comandos”, espalhados por todo o Chile e no exterior.

No Brasil, o “Comando Brasil” é um comitê amplo, composto por diversas forças políticas e sociais e que busca apresentar aos chilenos residentes no país o programa da candidatura. Neste domingo (13), o Comando Brasil promoverá, em São Paulo (Avenida Paulista, 1009), às 15 horas, próximo ao Consulado do Chile, um ato de apoio à campanha.

Diversas outras atividades estão sendo planejadas e os que desejem colaborar nesta caminhada podem escrever para o e-mail: [email protected]