A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Gilson Reis

Coordenador-geral da Confederação dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Educação (Contee)
Pastor Milton Ribeiro, demita-se!

Estamos sob a tentativa permanente de submeter a escola e a educação aos interesses de seitas religiosas e ideológicas que negam a ciência, a cultura, a história e a própria dimensão humana

Educação não é para poucos, é para um país todo

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, expôs em entrevista o caráter elitista do governo Bolsonaro ao dizer que a “educação deve ser para poucos”

Empresários do ensino querem nos afogar

.

Volta às aulas: Essencial é garantir o direito à vida

Deputados que votaram pela urgência do PL 5.595 deveriam lutar pela revogação da EC 95, pela valorização dos trabalhadores e pela vacinação

Em defesa da educação inclusiva

Não se trata apenas do acesso ao ambiente escolar, mas também à participação, desenvolvimento da aprendizagem e construção da autonomia

Escola privada e a pedagogia da morte

Com essa força sobrenatural nós, trabalhadores em educação, buscamos nos colocar de forma ativa diante da crise pandêmica.

Um novo mundo surgirá. Mas, qual mundo?

Certo é que a Covid-19 mudou de forma acelerada a forma de viver e interpretar o mundo para pessoas, comunidades, cidades, países, toda a sociedade planetária.

A educação na fronteira da vida e da morte

A crise humanitária que vemos passar diante de nossos olhos, neste início de século, é o resultado de um conjunto de fatores históricos, econômicos, políticos, culturais, ideológicos, religiosos etc. que haveremos de estudar com profundidade nos próximos anos e décadas para compreendê-los e decifrá-los.

Desafios para o movimento sindical nas eleições municipais

As eleições municipais são um momento importante de debate dos rumos do país e de possibilidade de colocar à frente das prefeituras e na composição das câmaras de vereadores homens e mulheres comprometidos com um país econômica e socialmente inclusivo, democrático e soberano.

Amamentar não é crime!

Quando eu apresentei na Câmara Municipal de Belo Horizonte, ainda em 2015, o Projeto de Lei que visa multar os estabelecimentos que impedem ou constrangem as mães de amamentar os seus filhos em locais públicos e privados, pensei na quantidade de mamães que foram reprimidas e nos bebês que não receberam o aleitamento necessário, perdendo, assim, os primeiros e principais laços afetivos e nutritivos.

Resistência democrática da educação: o debate tem que continuar

Ao longo das últimas 14 sessões legislativas (três em setembro e 11 em outubro), fizemos o bom combate em defesa da educação e da autonomia pedagógica dos docentes em sala de aula.

1 2 3 7