A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Urariano Mota

Escritor e jornalista. Autor do Dicionário Amoroso do Recife, Soledad no Recife, O filho renegado de Deus e A mais longa duração da juventude (traduzido para o inglês como Never-Ending Youth). Colunista do Portal Vermelho e do Brasil 247. Colaborador do Jornal GGN.
Arte de resistência à ditadura no Brasil

Até hoje, o desconhecimento do Brasil sobre artes e artistas do Nordeste é que é digno de nota. Os do “Norte que vêm”, como os saudava Alceu Amoroso Lima, só se tornam nacionais quando recebem a chancela dos jornais e salões do Sudeste.

Foto e infâmia de Maria

Entre o retrato e a realidade, a infâmia paira sobre a memória de Maria, uma mulher cujo esquecimento revela uma história de opressão, injustiça e ironia.

Para onde vai o coração da gente, Paulo Freire?

Educador visionário, Freire, falecido em 2 de maio de 97, defendeu uma pedagogia libertadora que empoderava os oprimidos, promovendo reflexão e ação transformadora

Uma escravidão portuguesa, com certeza

É raro, ou melhor, jamais foi visto um país de passado colonial, de exploração secular e assassinatos escravistas contra os povos, vir a público e declarar que cometeu grande vileza contra pessoas e para isso não bastam desculpas

Aniversário do poeta Manuel Bandeira – a Evocação do Recife

O poema foi escrito em 1925 a pedido do sociólogo e escritor Gilberto Freyre que, à época, estava incumbido de editar livro comemorativo dos 100 anos do jornal Diário de Pernambuco

O documentário Feministas O Que Elas Estavam Pensando?

O documentário está na Netflix, com a direção/roteiro de Johanna Demetraskas, além de contar com as fotografias do livro “Emergence” de Cynthia MacAdams, que serve de inspiração para o filme.

Para Givaldo Gualberto, professor de história e livreiro

Entre a homenagem e a verdade: a trajetória e o impacto de Givaldo Gualberto, entre páginas de livros e lutas por justiça.

O golpe de 64 continua nas escolas militares

As escolas militares doutrinam, fazem uma verdadeira Escola com Partido à direita, enquanto escondem a história trágica e o papel destruidor de vidas pela Ordem da ditadura militar

Hugo Cortez Crocia Barros, um sociólogo na resistência

Se há um traço que define a pessoa de Hugo Cortez é a generosidade. É inesquecível para mim que num fim de ano, ele já doente e a falar com dificuldade, me deu de presente o volume da Poesia completa e Prosa de Joaquim Cardozo

Miró da Muribeca no aniversário do Recife

Neste 12 de março, temos os aniversários das duas cidades irmãs, o Recife e  Olinda. No mesmo 12, um reconhecimento público do poeta negro, rebelde e genial Miró da Muribeca

A guerreira que amamos e o Dia Internacional da Mulher

É justo que, para a mulher e seu dia, venham à luz alguns trechos do nosso livro “Solerdad no Recife”

A orelha do povo do Recife

Escrito por Rennat Said, livro “O Recife em Carne e Osso” tem três coisas que encantam o leitor

1 2 3 38