A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Urariano Mota

Jornalista do Recife. Autor dos romances “Soledad no Recife”, “O filho renegado de Deus” e “A mais longa duração da juventude”
Fome per capita do Brasil e Swift

Mas a média per capita jamais explicará por que se temos dois frangos para dois homens, portanto, a média de 1 para cada homem, um deles pode comer dois frangos, enquanto o outro apenas saliva

Aos mestres, no seu dia

Não podemos perder a oportunidade do gancho do calendário, que nos pendura à excelência esquecida. Então do meu canto de aprendiz envio para os mestres

José Carlos Ruy, um clássico

Muitos talvez não acreditem nesta realidade: como podem pessoas, que nunca se viram antes, terem um encontro fraterno, rico, só possível entre velhos amigos? É que os comunistas têm isso, e quem não é, não sabe o que está perdendo

Eric Hobsbawm – A história em uma vida

Talvez a sua obra se mantenha ainda acima dos demais até mesmo nos mais recentes dias deste século. Como agora, quando atravessamos um Brasil de governo fascista

Um tsunami no Recife

O fato é que esses alertas, do reino das possibilidades exageradísimas, me fizeram lembrar uma peça que escrevi, “O Farol da Província”

Paulo Freire, educador do mundo

Nascido no Recife em 19 de setembro de 1921, Paulo Freire superou a contradição de ser recifense e cidadão do mundo inteiro ao mesmo tempo

Torcer ou Não Torcer pela seleção brasileira

Assim como no tempo da ditadura Médici, estamos perdendo o distanciamento entre futebol e política. E perdendo a distância também daquele tempo

Acender uma vela pelo Brasil

Na gravidade da hora deste presente, em mais de um sentido, em todos os sentidos, penso que deveríamos acender muitas velas, milhões de velas pelo Brasil

A escravidão brasileira na Holanda e em Pernambuco

Para a nossa própria história, e do Nordeste do açúcar em especial, para o que em Gilberto é prosa encantatória, a realidade de escravos assassinados, enquanto a rotina do engenho seguia, tudo isso é tão Brasil, amigos

Nelson Rodrigues, o reacionário da boca pra fora

Nos textos que publicava na imprensa durante a ditadura, eram impagáveis as suas caricaturas contra ídolos da esquerda brasileira, até o dia em que prenderam o seu filho Nelsinho como terrorista

Por que tantas mortes do nosso lado?

À primeira vista, na esquerda falecem mais os guerreiros porque são pessoas sensíveis à dor social da tragédia sob o governo Bolsonaro. Mas consideremos: se as desgraças são razões de matar, mais ainda são razões de viver

Caetano aos 79 anos

Em 7 de agosto de 2021, Caetano Veloso vive para o Brasil e para o mundo os seus 79 anos. Já?! É o nosso maior espanto

1 2 3 27