A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

América Latina

Vítimas do massacre de Sakaba exigem justiça e fim da ditadura 

“Representante da Federação dos Trabalhadores Camponeses do Trópico de Cochabamba, Cacilda destacou que ‘nestes últimos 14 anos, graças ao irmão Evo, tivemos respeitados nossos direitos nos bancos, nas praças, em todos os locais’. Infelizmente, denunciou, ‘hoje já não nos deixam chegar a qualquer lugar, é indignante, ultrajante mesmo’”.

Por Leonardo Wexell Severo*, de Sakaba – Bolívia

Presidente do Chile diz que repressão foi “democrática”

Em um vídeo divulgado na na abertura da XXV “Conferência das Partes da Convenção-Quadro”, das Nações Unidas, sobre Mudanças Climáticas (CO25), realizada em Madri, capital da Espanha, o presidente chileno Sebastián Piñera falou sobre a situação do seu país, que assiste a um verdadeiro levante popular contra o neoliberalismo.

Presidente eleito do Uruguai assume postura autoritária neoliberal

Luis Lacalle Pou falou basicamente sobre política externa e política econômica, um discurso repetido desde os anos 1970 pelos neoliberais, agora carreago de ameaças típicas da extrema direita.  

Evo Morales foi vítima de golpe de Estado, diz presidente do México 

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse neste domingo (1º) que o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, sofreu um golpe de Estado. Sob ataque das Forças Armadas e das elites bolivianas, Evo renunciou ao cargo e está exilado no México.

Bolívia caminha a uma ditadura militar de extrema-direita 

Os militares bolivianos forçaram o presidente Evo Morales a renunciar – esta é a definição clássica de golpe de Estado. Agora, o país está preso em uma espiral de horrores à medida que o regime de extrema-direita e do terror se consolida.

Por Gabriel Hetland, na Jacobin | Tradução, adaptação e seleção de trechos: José Carlos Ruy (Vermelho)

PC Colombiano: “Estado oligárquico em xeque”

Em documento divulgado nesta segunda-feira (25), o Partido Comunista Colombiano (PCC) faz uma rica análise do momento político vivido pela Colômbia, fortemente impactado pelas mobilizações de massa desencadeadas a partir do dia 21 de novembro. 

Evo Morales: ''Renuncio à minha candidatura''

Direto do México, o presidente deposto não descartou um asilo na Argentina nem estar presente na posse de Alberto Fernández.

Por Martín Granovsky*

E a crise do neoliberalismo chega à Colômbia

Um milhão enfrentam nas ruas a privatização da Previdência e a contrarreforma trabalhista. Feministas, indígenas, artistas, LGBTSs e outros atores aderem e ampliam pautas do protesto. Governo, atônito, vê popularidade despencar.

Por Juan Esteban Lewin*

Uruguai: Segundo turno elege neste domingo o novo presidente do país

Este domingo (24), até às 19h30, cerca de 2,6 milhões de uruguaios vão às urnas para escolher, em segundo turno, quem será o presidente do país. Resultados devem começar a ser divulgados a partir das 21h; Corte Eleitoral acredita que, por volta da meia-noite, terá a apuração completa. Os candidatos são Daniel Martínez, do partido de esquerda Frente Ampla (FA), e Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional (PN), de direita.

Golpistas da Bolívia reprimem até os mortos

Eric Nepomuceno, do Jornalista pela Democracia, alerta para o que está acontecendo na Bolívia desde o golpe que derrubou e despachou para o exílio o presidente Evo Morales: "além de trágico, de uma perversão sem limites"

Colombianos em marcha contra pretensas reformas trabalhistas

Centenas de milhares de colombianos foram às ruas nesta sexta-feira (22) em protesto contra a política econômica e social do presidente Iván Duque. Estudantes, professores, pensionistas, sindicalistas juntaram-se a marchas em todo o país em uma das maiores manifestações de massa ocorridas nos últimos anos naquele país. 

1 4 5 6 7 8 1.182