A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Nacional

Flávio Dino critica perseguição da Lava Jato a filho de Lula 

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), questionou a competência da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba para deflagrar uma operação contra um dos filhos do ex-presidente Lula, Luis Fabio Lula da Silva, o ‘Lulinha’.

Eduardo Bolsonaro cai; Joice Hasselmann é nova líder do PSL na Câmara 

Ex-líder do governo Bolsonaro no Congresso, a deputada Joice Hasselmann (SP) foi escolhida nesta quarta-feira (11) nova líder do PSL na Câmara dos Deputados. Como 14 parlamentares do partido estão suspensos, ela teve apoio da maioria – 22 de 53 deputados. Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, foi formalmente destituído do cargo. Com isso, o governo perde a capacidade de propor emendas no plenário, pedir verificação de presença e influenciar nas votações.

Bolsonaro põe em risco a saúde e a segurança dos trabalhadores

A medida Provisória nº 905/2019 altera a legislação trabalhista e previdenciária, diminui valor dos benefícios a acidentados e dificulta a fiscalização feita por auditores fiscais do trabalho.

Nossa América perante o ataque do imperialismo e das oligarquias 

Declaração do Ministério das Relações Exteriores da República de Cuba publicada no dia 3 de novembro. Leia abaixo.

GloboNews exibe entrevista com Manuela d'Ávila nesta quarta-feira

A GloboNews exibe nesta quarta-feira (11), às 21h30, uma entrevista da ex-deputada Manuela d'Ávila no programa Em Foco da jornalista Andréia Sadi. Em publicação no G1, a reportagem adianta que Manuela fala das investigações envolvendo os hackers que invadiram celulares de procuradores da Lava-Jato, de fake news e machismo.

Greta Thunberg combate desmatadores e colhe o ódio de Bolsonaro

A jovem ambientalista seca tem denunciado agressões ambientais e provocado a ira desmatadores, fazendeiros e gente retrógrada como Bolsonaro, que tentou intimidá-la nas redes sociais. Greta respondeu com ironia e “bombou”nas redes sociais.

Racha militar: cabos e soldados acusam traição e rompem com Bolsonaro

Que o clã Bolsonaro flerta com o autoritarismo ninguém mais tem dúvida. Mas se decidisse fechar qualquer um dos outros dois poderes da República, como sugeriu o deputado Eduardo Bolsonaro, o filho 03, o presidente Jair Bolsonaro teria, ele mesmo, de dirigir o jipe: “Cabos e soldados estão com raiva do presidente e dos oficiais”, disse em entrevista à Agência Pública o cabo reformado do Exército Marcelo Machado, presidente da Associação Nacional dos Militares do Brasil (ANMB).

Frei Betto: A face injusta do Brasil 

Desde a ditadura militar (1964-1985), nunca houve tantos retrocessos nos direitos humanos no Brasil como agora, sob Bolsonaro.

Por Frei Betto*

Argentina aponta uma saída, democrática e de centro-esquerda

Estabeleceu-se no governo de Bolsonaro uma confusão para se saber quem ia, ou se não ia ninguém, representar o Brasil na posse de Alberto Fernandez, o recém-eleito presidente da Argentina. Isto não seria nenhum problema sério para a diplomacia tradicional e refinada do Itamarati. Mas no Itamarati, hoje, pontifica um ministro desnorteado, dos mais resolutos membros do grupo ideológico terraplanista aboletado no governo federal.

Por Haroldo Lima*

Proteção de dados pessoais pode virar direito constitucional

Substitutivo do deputado Orlando Silva (PCoB-SP)  à Proposta de Emenda Constitucionalsegue para o Plenário, onde será votada em dois turnos.

Trolagem de “pirralha” em Bolsonaro repercute no Congresso

Parlamentares usaram as redes sociais para enviar um recado a Jair Bolsonaro (sem partido-RJ) após o presidente chamar a ativista Greta Thunberg de “pirralha” nesta terça-feira (10).

O que esperar da Argentina sob os escombros do pesadelo neoliberal? 

O primeiro tema que o novo governo argentino, encabeçado pelo advogado Alberto Fernández, de 60 anos, precisará enfrentar é o da governabilidade – a situação interna, condicionada por uma dívida externa monumental e pelo crescimento constante da fome e da pobreza nos últimos quatro anos. Por isso, talvez, sua insistência na necessidade de um pacto social que, espera-se, crie condições para a decolagem, ao invés de ser causado pelo medo do que virá.

Por Aram Aharonian*

1 2 3 4 4.027