A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: agronegócio

Argentina e Brasil são os reféns dos agrotóxicos na América Latina

A ameaça de fusão de grandes empresas (como a Bayer-Monsanto), o papel da ciência a serviço das corporações, o perigo dos novos transgênicos e a necessidade de promover a agricultura campesina e indígena. Esses são alguns dos temas sob os quais Silvia Ribeiro, uma das maiores pesquisadoras sobre o agronegócio, se dedica há mais de trinta anos. Para ela, os países da região "perderam sua soberania devido à extrema dependência em relação às empresas biotecnológicas".

Agroecologia ainda é ignorada pela 'monocultura' da mídia

Mídia dedica 95% de seu espaço ao agronegócio e 5% a técnicas sustentáveis, dadas como "alternativas" ou "exóticas"

Imperatriz e a crítica ao agronegócio são destaque no carnaval carioca

Terceira a desfilar neste domingo (26) na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro, a Imperatriz Leopoldinense leva para a avenida o polêmico samba-enredo Xingu, o Clamor que vem da Floresta. O tema desperta a ira dos ruralistas desde o início de janeiro, quando foi anunciado.

Apenas 36% dos empregados do agronegócio têm carteira assinada

O agro é informal. Uma pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq-USP), mostra que, considerando todos os segmentos do agronegócio, apenas 36% dos empregados têm carteira assinada. Um terço do total (33%) “atua por conta própria”. Outros 15% trabalham sem carteira assinada. Somente 4% são empregadores.

Agronegócio faz novos ataques à escola de samba Imperatriz 

A pouco mais de um mês do desfile que vai levar para a Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro, o samba-enredo Xingu – o Clamor da Floresta, a escola de samba Imperatriz Leopoldinense continua na mira de ataques do agronegócio e de seus aliados.

Gigantes do agronegócio: o risco das fusões para a agroecologia

Desde o ano passado, o já concentradíssimo mundo das multinacionais dos insumos para o agronegócio parece caminhar rumo a uma concentração ainda maior. As chamadas “6 grandes” do ramo – Syngenta, Bayer, Monsanto, Dow, Basf e Dupont – anunciaram fusões que podem levar a termos em breve apenas “3 gigantes”.

Por Por Alan Tygel*, no MST

Imperatriz nega que enredo seja uma crítica ao agronegócio

Nesta semana, após a escola de samba carioca Imperatriz Leopoldinense divulgar o enredo que desfilará este ano pela Marquês de Sapucaí, uma série de críticas foram divulgadas na imprensa. O tema “Xingu, o Clamor que Vem da Floresta” causou polêmica entre grandes produtores e criadores do agronegócio por exaltar na letra de seu samba a luta indígena e criticar o “belo monstro” que “rouba as terras, devora as matas e seca os rios”.

Jornalista afirma que índios devem morrer de malária e tétano

O preconceito e conservadorismo atingem níveis alarmantes no país. No último episódio de intolerância, a jornalista Fabélia Oliveira, apresentadora do do programa “Sucesso no Campo”, da TV Record de Goiás, resolveu destilar ofensas aos cariocas, sambistas, defensores do meio ambiente e até aos indígenas. Segundo ela, índios devem seguir à risca sua cultura, não podendo usar das tecnologias ou remédios, devendo, portando, morrer de malária, tétano ou no momento do parto.

Proprietários de terra devem quase R$ 1 trilhão à União

Relatório da Oxfam revela dívidas astronômicas que, se pagas, assentariam 214 mil famílias; e o governo Temer quer anistiar o setor.

Por Cauê Seignemartin Ameni

Deputado denuncia propostas desiguais de Temer para agricultura  

“Para o agronegócio, promessas de bom futuro; para a agricultura familiar e para os assentados da reforma agrária, o desmonte, rápido, sem trégua e total, executado em meio a promessas irresponsáveis, intenções fraudulentas e acenos enganosos que decisões, ações e omissões denunciam a cada dia.” Essa é a avaliação feita pelo ex-ministro do Desenvolvimento Agrário e deputado Patrus Ananias (PT-MG), diante da proposta orçamentária do presidente ilegítimo Michel Temer. 

Temer acena a ruralistas para mudança em demarcação de área indígena

Alterar a regras de demarcação de áreas indígenas. Autorizar a compra de terras brasileiras por estrangeiros. Mudar as regras de licenciamento ambiental. Três pautas insistentemente defendidas por ruralistas e pela bancada conservadora do Congresso Nacional caminham para receber um importante carimbo para que tramitem sem problemas pelo Legislativo brasileiro: o da Presidência da República.

Um atlas de nossa agricultura envenenada

Os mapas produzidos por Larissa Mies Bombardi são chocantes. Quando você acha que já chegou ao fundo do poço, a professora de Geografia Agrária da USP passa para o mapa seguinte. E, acredite, o que era ruim fica pior. Mortes por intoxicação, mortes por suicídio, outras intoxicações causadas pelos agrotóxicos no Brasil. A pesquisadora reuniu os dados sobre os venenos agrícolas em uma sequência cartográfica que dá dimensão complexa a um problema pouco debatido no país.

1 2 3 4 5 12