A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: armas nucleares – não-proliferação de armas nucleares

75 anos de Hiroshima-Nagasaki: reforçar a luta contra armas nucleares

A presidenta do Conselho Mundial da Paz, Socorro Gomes, emitiu nesta quinta-feira (6) sua nota de solidariedade com as vítimas e sobreviventes dos bombardeios atômicos dos Estados Unidos contra os japoneses, apelando ao reforço da luta internacional contra as armas nucleares. Leia o texto a seguir:

Após Hiroshima e Nagasaki, o apelo pela abolição das armas nucleares

Marcando o aniversário do primeiro uso das devastadoras armas nucleares pelos Estados Unidos contra as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, em 6 e 9 de agosto de 1945, o Conselho Mundial da Paz expressa a sua solidariedade ao povo japonês, vítima da catástrofe provocada por uma potência imperialista que não mede as consequências para conquistar seus objetivos

Por Socorro Gomes*





Trump retira EUA de acordo nuclear multilateral com Irã

O presidente Donald Trump anunciou na tarde dessa terça-feira (8) que retirará os Estados Unidos do acordo nuclear com o Irã e que retomará as sanções econômicas contra o país. Pressionado por Israel e sem o apoio do resto dos países signatários, Trump sai do acordo firmado em 2015

Por Alessandra Monterastelli*

EUA e Rússia: os sinais de uma corrida armamentícia

O presidente Russo Vladmir Putin anunciou, na quinta-feira (1) que seu país desenvoleu um novo arsenal estratégico capaz de levar ogivas nucleares e que não seria capaz de ser interceptado, como resposta a flexibilização dos limites para a utilização de armas nucleares nos EUA rpmovidos pela Administração Trump

Irã está cumprindo o acordo nuclear, afirma relatório 

O Relatório da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), divulgado na quinta-feira (22), aponta que o Irã tem se mantido dentro das restrições impostas pelo acordo nuclear de 2015 firmado com outros países ocidentais, contrariando a desconfiança de Donald Trump

Por Alessandra Monterastelli *

Luzes e sombras do Tratado da ONU sobre armas nucleares

O tratado sobre a proibição das armas nucleares, adotado por grande maioria nas Nações Unidas em 7 de julho último, constitui um marco na tomada de consciência de que uma guerra nuclear teria consequências catastróficas para toda a humanidade.

Por Manlio Dinucci (*)

Entidades exigirão a extinção das armas nucleares em 19 de outubro

Várias entidades dos movimentos sociais realizarão um encontro em Brasília para exigir o fim das armas nucleares e marcar o Dia Internacional da Eliminação Total de Armas Nucleares, que se comemorou em 26 de setembro.

2015 será um ano decisivo para o desarmamento nuclear

“Um dos grandes paradoxos da ciência moderna” é que os seres humanos buscam vida em outros planetas enquanto as potências nucleares do mundo mantêm e modernizam suas armas para destruir a vida na Terra, afirmou o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon.

Por Thalif Deen, na agência IPS

Técnico delator do programa nuclear de Israel é proibido de viajar

Uma década depois da sua liberação da prisão por ter vazado informações sobre o programa de armas nucleares de Israel, Mordechai Vanunu foi proibido de participar de uma conferência sobre direitos humanos no Reino Unido. Vanunu, ex-técnico no programa israelense, foi libertado em 2004, depois de passar 18 anos preso por dar informações sobre as armas nucleares de Israel à mídia britânica.

Após acordo, relação entre Irã e EUA pode melhorar, diz analista

O acordo nuclear do fim de semana é capaz de levar naturalmente a uma reaproximação entre Irã e EUA, segundo o especialista em questões iranianas Rouzbeh Parsi, da Universidade Lund (Suécia). Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, publicada nesta terça-feira (26) Parsi disse que a mudança de governo em Teerã foi crucial para o avanço nas negociações.

Israel expande programa nuclear ainda sem controle internacional

O regime israelense continua recusando-se a esclarecer o mundo sobre seu arsenal nuclear, e recentemente alegou, na 57ª Conferência Geral da AIEA, em setembro deste ano, que o questionamento sobre seu programa é motivado pela tentativa de desviar a atenção de temas como o arsenal químico da Síria. Única potência nuclear no Oriente Médio, Israel é apontado em pesquisas recentes que demonstram a expansão do seu desenvolvimento bélico.

Por Moara Crivelente, da redação do Vermelho

Série israelense investiga armas nucleares na guerra de 1973

Segundo Henry Kissinger, ex-secretário de Estado dos EUA na administração do presidente Richard Nixon, em entrevista à série israelense “A Guerra Evitável”, o governo norte-americano não recebeu indicações de um possível posicionamento do arsenal nuclear de Israel durante a Guerra do Yom Kippur (Guerra Árabe-Israelense), que completa 40 anos do seu início neste domingo (6). Recentemente, denúncias da intenção israelense de uso de armas de destruição em massa têm sido reveladas.

1 2 3 7