A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: DOI-Codi

Projeto de Lei antiterrorismo é instrumento de perseguição política

Projeto foi aprovado em comissão especial e já pode ser deliberado no Plenário.

Tudo sobre o jornalista Herzog em novo site

Acervo Vladimir Herzog dá acesso a vídeos, fotos e textos sobre o jornalista e docente da USP, morto em 1975

Justiça aceita denúncia contra delegado do Dops que incinerou corpos

A Justiça Federal recebeu denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-delegado Cláudio Antônio Guerra, do Dops, por ocultação e destruição de 12 cadáveres durante a ditadura. Hoje com 79 anos, Guerra, que agora se torna réu, admitiu em depoimento ter incinerado corpos de militantes políticos, entre 1974 e 1975, em fornos da Usina Cambahyba, em Campos, na região do Norte Fluminense.

No Dia Internacional da Democracia era criado no Brasil o Doi-Codi

Neste domingo, (15) é comemorado o Dia Internacional da Democracia. A data foi criada em 2007, pela Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) com o propósito de promover e defender os princípios da democracia, o desenvolvimento e o respeito pelos direitos humanos e as liberdades fundamentais. No Brasil, há 49 anos, em 15 de setembro de 1970, era criado Doi-Codi, a máquina de torturar e matar do regime militar.

Ato em São Paulo pede transformação de DOI-Codi em memorial

Centenas de pessoas se reuniram neste sábado (1º/4) no 4º Ato Unificado Ditadura Nunca Mais, que reivindica a transformação das dependências do antigo Destacamento de Operações de Informação – Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi), em memorial. O local, na Zona Sul de São Paulo, foi usado para tortura a presos políticos durante a ditadura militar.

Ato relembra tortura com fotos de presas políticas no antigo DOI-Codi

Imagens de mulheres presas e torturadas na ditadura militar tremulavam em um varal improvisado entre árvores, enquanto jovens recrutas deixavam o 1º Batalhão de Polícia do Exército na manhã de hoje (2). Na Rua Barão de Mesquita, no Rio de Janeiro, por onde os jovens saiam, sobreviventes da tortura e feministas fizeram uma instalação em memória das vítimas da violência do regime.

Morre o torturador da ditadura Carlos Brilhante Ustra

O coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra morreu nesta quinta-feira (15) em decorrência de um câncer. Ustra, no entanto, foi o responsável pelo maior câncer da história recente do país. Ele foi o chefe do Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna, mais conhecido como DOI-Codi, em São Paulo, o órgão de repressão política durante a ditadura.

Ato pede que prédio do DOI-Codi seja memorial das vítimas da ditadura

Os nomes de algumas pessoas desaparecidas ou mortas pelo regime militar, logo após o golpe de 1964 que depôs o presidente João Goulart, foram lidos neste sábado (23), no pátio da 36ª Delegacia da Polícia Civil de São Paulo, na Rua Tutoia, 921, no bairro do Paraíso.

Ex-presos políticos voltam ao Dops para reconhecer local de tortura

Em 20 de julho de 1969 o astronauta Neil Alden Armstrong, comandante da missão Apolo 11, foi o primeiro homem a pisar na Lua. No mesmo dia, Newton Leão, estudante e ativista político da Ação Libertadora Nacional, foi preso pela ditadura militar no Rio de Janeiro. 

Militantes querem transformar Dops em local de memória histórica

Militantes de movimentos sociais fizeram um ato, na noite de desta sexta-feira (21), em frente ao prédio onde funcionou o Departamento de Ordem Política e Social (Dops), na Rua da Relação, no centro do Rio de Janeiro. Eles reivindicam que o imóvel, atualmente em reforma para ser transformado em Museu da Polícia Civil, seja destinado a um espaço de memória das vítimas da ditadura, da resistência e das lutas sociais.

Filha de Rubens Paiva se emociona ao ouvir discurso inédito

"Sentimento de orgulho cidadão" – assim a filha do deputado Rubens Paiva, Vera Paiva, definiu o que a família sentiu ao ouvir um discurso inédito do então deputado, feito na madrugada do dia 1º de abril de 1964 (com o golpe militar em andamento desde o dia anterior), na Rádio Nacional do Rio de Janeiro.

Antigas instalações do Doi-Codi são reconhecidas culturalmente

O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaa) aprovou nesta segunda-feira (27), por unanimidade, o tombamento das instalações do Destacamento de Operações de Informações do Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi), na rua Tutóia, no Paraíso. 

1 2