A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Estados Unidos da América

Balas de Washington, por Evo Morales

Se a salvação da humanidade está longe é porque Washington persiste em utilizar suas balas contra os povos. (*)

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

A posse de Joe Biden como presidente dos Estados Unidos é o principal assunto da análise internacional de Ana Prestes que ressalta as primeiras medidas do novo governante norte-americano e também os problemas que Donald Trump deixou sobre a mesa presidencial. Os principais nomes da equipe de Biden também são apresentados. O fim da visita de Lula à Cuba, o anúncio feito pela ilha socialista de que produzirá 100 milhões de doses da vacina Soberana 2 contra Covid e a proximidade das eleições no Equador também estão entre os fatos analisados.

A política externa de Biden não será muito diferente da política do passado

Apenas o clima será diferente, os sorrisos mais amplos, e as zombarias escondidas na sala dos fundos

O preço da vassalagem ao Trump

Nosso apequenamento internacional, fruto deliberado e forçoso do capitão, configura-se traição ao povo brasileiro

Aumenta pressão para Trump deixar o cargo antes do fim do mandato

Após ataque violento ao Capitólio, senadores republicanos pedem renúncia do presidente, enquanto democratas na Câmara ameaçam abrir processo de impeachment nesta segunda-feira, a menos de dez dias da posse de Biden.

O objetivo da tentativa golpista de Trump é destruir a democracia

Há muito tempo é óbvio que Trump era uma ameaça à própria sobrevivência do governo democrático neste país.

Apoiadores de Trump tentam golpe contra o Congresso dos EUA

Manifestantes interrompem sessão que confirmaria a vitória de Biden nas eleições. Presidente americano estimulou multidão a marchar em direção ao Capitólio. Pelo menos uma mulher foi baleada.

De Olho no Mundo, por Ana Prestes

Na primeira edição de 2021 do De Olho no Mundo, a analista internacional Ana Prestes destaca a entrevista do Ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, sobre os objetivos centrais da diplomacia chinesa, a tentativa de Donald Trump de fraudar as eleições no estado da Georgia visando reverter sua derrota para Joe Biden, o primeiro ano do assassinato do general iraniano Qasem Soleimani, a negativa da justiça britânica de extraditar Julian Assange para os EUA e os novos desafios de Cuba ao completar 62 anos de sua Revolução.

EUA sancionam aliado da OTAN, Turquia, por mísseis de defesa russos

A Turquia condena a ação dos EUA, chamando-a de “grave erro” e ameaça retaliar conforme necessário.

A ação ineficaz dos Estados Unidos contra a pandemia

A comunidade internacional mostrou-se decepcionada com a incompetência americana.

Biden e os trabalhadores

Há um dito popular noos EUA que diz “se estiver no meio da estrada, ou passa a linha amarela ou atropela.” O Partido Democrata, nacionalmente, deve refletir sobre essa analogia, mesmo que grosseira. A classe trabalhadora dos EUA está entre o precipício e o abismo. Enfrenta não apenas salários rebaixados, mas também um período indefinido de perda catastrófica de empregos no crescimento agora exponencial do coronavírus, que se alastrou sem ser controlado pelo governo Trump.

Trump reconhece vitória de Biden, mas insiste que houve fraude

Mantendo sua postura errática, o atual presidente afirmou que a vitória ocorreu devido à manipulação.

1 2 3 280