A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Miséria

Reduzir desigualdades. Se não agora, quando?

Se o combate às desigualdades socioeconômicas nos une enquanto brasileiros, por que seguimos no topo do ranking da desigualdade mundial?

Pobreza aumenta mas Bolsa Família diminui

Estão propondo mudanças perigosas, que podem desfigurar o programa.

Miséria e desigualdade marcam os dois anos da Reforma Trabalhista

Mudanças trabalhistas de Temer, junto a medidas do governo Bolsonaro, acentuam precariedade no mundo do trabalho, analisam professores Ricardo Antunes e Andréia Galvão.

Por Liana Coll, do Jornal da Unicamp

Deputados responsabilizam Bolsonaro pelo aumento da miséria no país

A miséria é o retrato do Brasil atual. Hoje, 13,5 milhões de pessoas sobrevivem com até R$ 145 por mês. O número vem crescendo desde 2015, invertendo a curva descendente da miséria dos anos anteriores. Os dados divulgados na última semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) apontam o contingente recorde de pessoas que caíram para a extrema pobreza no Brasil.

Extrema pobreza bate recorde e já atinge 13,5 milhões de brasileiros

A extrema pobreza continua a bater recorde no País. Segundo a pesquisa Síntese de Indicadores Sociais, divulgada nesta quarta-feira (6) pelo IBGE, 13,5 milhões de brasileiros viviam, em 2018, com menos de R$ 145 por mês. O número é o maior da série histórica, iniciada em 2012. A crise econômica e o golpe de 2016 estão por trás do fenômeno. Entre 2014 e 2018, nada menos que 4,5 milhões de brasileiros empobreceram ainda mais e passaram a integrar essa parcela da população em situação miserável.

FGV: Miséria cresce 33% em 4 anos, somando 6,3 milhões de novos pobres

Estudo do Centro de Políticas Sociais da FGV-Social analisou dados da PNAD relativos aos últimos quatros anos (de 2014 ao segundo trimestre de 2018) e acaba de lançar o levantamento "Qual foi o impacto da crise sobre a pobreza e a distribuição de renda?".

Pobreza encurta a vida mais que qualquer outra doença

Estudo critica a OMS por não incluir a desigualdade como fator ser combatido. A evidência científica é robusta: a pobreza e a desigualdade social prejudicam seriamente a saúde. No entanto, as autoridades de saúde não dão a esses fatores sociais a mesma atenção que dedicam a outros quando tentam melhorar a saúde dos cidadãos. 

Dilma denuncia plano de Temer para acabar com o Bolsa Família

A presidenta Dilma Rousseff vem usando as redes sociais para interagir com a população e desmistificar a manipulação midiática da legitimidade do impeachment. Nesta terça-feira (7), ela participou de um bate-papo com a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome do seu governo, Tereza Campello, respondendo perguntas de internautas do Facebook.

Por Laís Gouveia

22 milhões de pessoas sairam da extrema pobreza 

Plano Brasil Sem Miséria é repsonsável por retirar mais de 22 milhões de brasileiros da extrema pobreza.

Queda da extrema pobreza não dá manchete

Estudo divulgado pelo insuspeito Banco Mundial nesta semana confirma que o número de pessoas vivendo em situação de pobreza extrema no Brasil caiu 64% entre 2001 e 2013, passando de 13,6% para 4,9% da população.

Por Altamiro Borges*

São Paulo é responsável pela estagnação da queda da miséria

Em 2013, ano em que a miséria parou de cair no Brasil pela primeira vez desde 2003, primeiro ano do governo Lula, a maior contribuição para a estagnação da queda veio de São Paulo, estado mais rico e populoso da Federação e governado pelo PSDB há mais de dez anos. 

Um terço de jovens no mundo vive em situação de vulnerabilidade social

Cerca de um terço dos jovens entre 10 e 24 anos de todo o mundo vive em situação de vulnerabilidade social. A conclusão do Fundo de População das Nações Unidas (ONU) está no relatório Situação da População Mundial em 2014, que a agência da ONU apresenta nesta terça-feira (18).

1 2 3