A esquerda bem informada
A esquerda bem informada

Tag: Miséria

Aumenta em 171% pessoas que vivem em situação de rua em São Paulo

Informação é do Movimento Estadual da População em Situação de Rua, que percebe o aumento de mães com crianças sem teto.

Gestão da economia é outra face genocida do Governo Bolsonaro

Flávio Dino: Um governo que coloca o botijão de gás ao custo de mais de 10% de um salário mínimo é porque quer ver seu povo morrer de fome.

2 milhões de famílias caíram na extrema pobreza com Bolsonaro

Família em extrema pobreza é aquela com renda per capita de até R$ 89 mensais. Em regra, são pessoas que vivem nas ruas ou em barracos e enfrentam insegurança alimentar recorrente.

Jandira Feghali: Como falar em fuzil e feijão?

O Brasil precisa interromper o descalabro do governo Bolsonaro.

Custo Bolsonaro despenca investimento, traz inflação e miséria em alta

Com ameaças golpistas, Bolsonaro alimenta uma crise política que contamina diretamente o cenário econômico

Bolsonaro só espalha vírus e morte

O desastroso governo Bolsonaro negou vacinas e relutou todos os ensinamentos científicos para o enfrentamento à pandemia. Disse inúmeras vezes que preferia proteger a economia. Pois é, deu tudo errado.

Classe C, cuja ascensão marcou governos Lula, despenca na miséria

Em 2019, o Brasil tinha cerca de 24 milhões de pessoas na pobreza extrema, ou 11% da população. Agora, são 35 milhões, ou 16% do total

Só quem tem internet consegue usar auxílio emergencial

Se a pessoa não tem o que comer, como exigir que ela tenha smartphone, pacote de internet e conhecimento digital para usar o recurso financeiro?

Sem auxílio, Bolsonaro joga até 3,4 milhões de brasileiros na miséria

Situação de extrema pobreza leva pessoas a terem de sobreviver com menos de US$ 1,90 por dia (algo como R$ 10)

Fim do auxílio emergencial jogará 17 milhões na miséria, prevê FGV

Pesquisador do Ibre estima que redução pela metade do valor do benefício fez subir para sete milhões o número de brasileiros na linha da extrema pobreza. Aumento da taxa do desemprego para níveis acima dos 20% será outra das consequências da extinção do programa social por Bolsonaro

A tragédia da redução do auxílio emergencial

“O pior momento vai ser em janeiro”, quando está previsto o fim completo do auxílio emergencial. Com sua política de austericídio fiscal, Paulo Guedes já antecipou que o benefício não será substituído.

Pobreza vai disparar se Bolsonaro acabar com o auxílio, aponta estudo

Pesquisa revela grande impacto do auxílio emergencial na redução do contingente de brasileiros que vivem em profunda vulnerabilidade econômica

1 2 3 4